ATLÉTICO FAZ JOGO DA TEMPORADA CONTRA A UNIVERSIDAD CATÓLICA, NO CHILE

O Atlético entra em campo nesta quarta-feira (17) para aquele que pode ser seu principal jogo da temporada. Às 21h45, em Santiago, no Chile, o Furacão enfrenta a Universidad Católica pela última rodada da fase de grupos da Libertadores valendo a classificação para as oitavas de final da competição. Para isto acontecer, o Rubro-Negro depende apenas das próprias forças e uma vitória já é o suficiente. Se empatar, depende de uma vitória do Flamengo contra o San Lorenzo, na Argentina.No entanto, o problema do Atlético vem sendo justamente vencer. Nas últimas cinco partidas o Furacão somou apenas dois empates e três derrotas, marcando dois gols e sofrendo 12. Neste período, perdeu o título do Campeonato Paranaense e desperdiçou a chance de chegar nesta sexta rodada já classificado, pois perdeu para o San Lorenzo em plena Arena da Baixada.

Resultados que deixaram o Rubro-Negro em meio a uma pressão e cobrança dos torcedores. E, mais do que uma vaga nas oitavas, o duelo no Chile vale para a sequência do clube na temporada. Um novo tropeço certamente não será visto como natural e até a possibilidade de o técnico Paulo Autuori ter sua efetivação para dirigente acelerada não é descartada. Seria uma ideia para mudar o ambiente atleticano. Já um triunfo acalmaria os ânimos e faria o time a seguir vivo no principal objetivo do ano.

De qualquer forma, qualquer resultado terá um peso para as próximas partidas, mas, em campo, os jogadores tentam ao máximo esquecer os problemas. Mesmo vindo em uma sequência ruim, o atacante Pablo demonstrou confiança, uma vez que o Furacão já provou que pode jogar bem fora de casa na Libertadores, onde venceu duas vezes (contra Deportivo Capiatá, do Paraguai, e San Lorenzo).

“Temos que fazer o nosso papel. Dependemos só de nós mesmos para a classificação. Temos que fazer o jogo que nos trouxe até aqui, da forma que fizemos nas primeiras fases e também na etapa de grupos. Vamos propor o jogo e temos totais condições de sair daqui classificados”, disse o jogador, que volta a ficar à disposição de Autuori depois de quase dois meses.

Até pelo tempo em que está parado, Pablo ainda é dúvida no time, assim como Carlos Alberto, que jogou pela última vez justamente contra a Católica, no dia 7 de março. Por outro lado, o treinador ganha mais opções em relação à equipe que perdeu por 6×2 para o Bahia. O zagueiro Paulo André, o volante Otávio, o meia Lucho González e o atacante Grafuite, que foram poupados em Salvador, devem começar jogando, assim como Nikão, que entrou no segundo tempo da goleada.

FICHA TÉCNICA

LIBERTADORES
Grupo 4 – 6ª rodada

UNIVERSIDAD CATÓLICA X ATLÉTICO

Universidad Católica
Toselli; Magnasso, Kuscevic, Marípan e Parot; Fuentes, Buonanotte, Kalinski, Fuenzalida e Noir; Santiago Silva
Técnico: Mario Salas

Atlético
Weverton; Jonathan, Paulo André, Wanderson e Sidcley; Otávio, Matheus Rossetto, Lucho González, Nikão e Pablo (João Pedro); Grafite.
Técnico: Paulo Autuori

Local: Estádio San Carlos de Apoquindo (Santiago-CHI)
Horário: 21h45
Árbitro: Jonhatan Fuentes (URU)
Assistentes: Miguel Nievas (URU) e Gabriel Popovits (URU)

Categoria:Exemplo de categoria

Deixe seu Comentário