Pagina Inicial / Atlético Paranaense / Atlético vai trabalhando à exaustão para entender o ‘modelo Diniz’

Atlético vai trabalhando à exaustão para entender o ‘modelo Diniz’

Desde que chegou ao Atlético, na semana passada, o técnico Fernando Diniz vem aproveitando ao máximo o tempo que tem para implementar suas ideias e modelo de jogo, submetendo os jogadores aos trabalhos táticos. E para fazer o ‘modelo Diniz’ funcionar, o comandante conta com uma equipe de profissionais, que tem como objetivo oferecer o suporte necessário para que ele possa desempenhar sua função com qualidade.

“Temos trabalhos com bola desde o primeiro dia da pré-temporada (4 de janeiro). Optamos por iniciar já com exercícios específicos do futebol, para que o jogador se adapte cada vez mais rápido ao jogo e para termos condições de monitorar qual a resposta física disso, em tempo real, todos os dias”, disse o fisiologista do clube, André Fornaziero, em entrevista ao site oficial atleticano.

 Auxiliar-técnico do treinador desde 2015, Eduardo Barros sabe bem como Fernando Diniz gosta de trabalhar e destacou que nestas atividades iniciais a ideia é entender as características do grupo para a partir disso achar a melhor formação.

“O Fernando Diniz tem uma ideia de jogo muito clara. Vamos entender as demandas que o time possui e tentar contribuir da melhor forma”, afirmou.

Com atividades programadas para dois períodos do dia até sexta-feira (12) e ainda para a manhã de sábado (13), o técnico Fernando Diniz quer ter um padrão já para a estreia do time na temporada, na Copa do Brasil, contra o Caxias. O duelo deve acontecer no dia 31 janeiro ou 7 de fevereiro. Os treinamentos, porém, não são apenas táticos, mas incluem também exercícios na academia, trabalhos preventivos e trabalhos no campo, que são acompanhados de perto pela fisiologa do clube.

“Estamos aqui para fornecer informações e monitorar todas as cargas dos atletas, para que ele consiga desenvolver o trabalho da melhor maneira. A partir de agora, com nosso monitoramento em campo e com o trabalho do Fernando Diniz, a tendência é evoluirmos bem”, explicou Fornaziero.

 O fisiologista ainda reforçou o discurso já enfatizado por dirigentes e atletas do Rubro-Negro, ao que diz respeito à confiança depositada em Fernando Diniz.

“Cada um tem uma maneira de se colocar, de treinar. Mas a ideia do Diniz casa muito com a ideia do Atlético, que é de se trabalhar o futebol desde o começo (dos treinamentos)”, finalizou.

Sobre admin

Check Also

Raphael Veiga é oficializado como novo reforço do Atlético

O Atlético confirmou, na manhã desta quinta-feira (11), a contratação do meia Raphael Veiga. Aos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *