Pagina Inicial / Coritiba / Coxa corre contra o tempo para ter Mosquito e Galdezani no Paranaense

Coxa corre contra o tempo para ter Mosquito e Galdezani no Paranaense

A semana, pelo menos nos bastidores, será decisiva para o Coritiba  acertar a situação de dois atletas importantes para dar o pontapé inicial na disputa do Campeonato Paranaense. Enquanto trabalha com o elenco em Foz do Iguaçu, o técnico Sandro Forner ainda não sabe se poderá contar com o volante Matheus Galdezani e com o atacante Mosquito para a estreia no Estadual, neste domingo (21), às 17h, no Couto Pereira.

Os dois jogadores ainda precisam ter suas situações regularizadas pelo clube. O caso que mais chama atenção é do atacante Mosquito. O jogador, promessa da base alviverde, tem contrato com o Verdão até setembro deste ano, mas a diretoria não permitirá que o atleta entre em campo antes de renovar seu vínculo com o Coxa por mais três temporadas.

 Até por isso, o jovem centroavante coxa-branca sequer participou do jogo-treino do Coritiba diante do 3 de Febrero, do Paraguai, na manhã do último domingo (14), em Foz do Iguaçu. Mosquito, inclusive, seria titular do ataque alviverde, mas por conta desse impasse na renovação do seu contrato, acabou preterido do único teste do Verdão antes do Paranaense.

“O Mosquito é questão contratual e a diretoria está resolvendo. A gente optou por colocar os jogadores que a gente vai poder contar domingo. Tem essa situação indefinida e a diretoria está resolvendo isso”, explicou o técnico Sandro Forner.

O caso do volante Matheus Galdezani é menos complicado. O jogador tem um pré-contrato com o Coritiba assinado, mas a gestão anterior do clube, liderada pelo então presidente Rogério Portugal Bacellar, pagou ao Mirassol apenas uma das parcelas devidas pelos direitos econômicos do atleta. No entanto, a atual diretoriado Coxa esta negociando   a dívida com o clube paulista e o acordo está próximo, conforme apurou a reportagem da Tribuna do Paraná.

Mas para estar em campo no domingo, Galdezani ganhou um novo problema. No jogo-treino diante do 3 de Febrero, o jogador deixou o gramado do Estádio do Flamengo, em Foz do Iguaçu, reclamando de dores no músculo posterior da coxa.  O volante está sob os cuidados do departamento médico, mas o clube não informou ainda o grau da lesão.

 “Agora é esperar os médicos e saber qual é a real gravidade. A gente torce que não seja nada grave. Ele está treinando muito bem, esperamos que seja algo leve e que ele se recupere rápido. Tem um tempo curto e, se perder ele agora, que é um jogador importante, será prejudicial”, concluiu o técnico Sandro Forner.

Sobre admin

Check Also

Alan Costa assina por dois anos com o Coritiba

O zagueiro Alan Costa, de 27 anos, já se apresentou ao Coritiba para fazer exames …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *