Pagina Inicial / Coritiba / Coritiba encara o Londrina no jogo de maior rivalidade da rodada

Coritiba encara o Londrina no jogo de maior rivalidade da rodada

De desafio em desafio, o Coritiba é colocado à prova. Neste sábado (10), o Coxa tem mais um jogo complicado – senão o mais complicado da temporada até agora, certamente tão difícil quanto o Atletiba. Enfrentar o Londrina, às 16h30, no estádio do Café, é encarar um rival mais inteiro, em situação melhor no Campeonato Paranaense, dentro de seus domínios e louco para vencer o rival. O cenário é totalmente adverso, mas os alviverdes sabem que terão de derrotar tudo para conquistar três pontos que vão manter o time vivo na Taça Dionísio Filho.

Não é errado apontar a rivalidade entre Coxa e Tubarão como a maior entre um time da capital e outro do interior do Estado. Desde os anos 1960 que os dois clubes fazem confrontos pegados, têm confusões dentro e fora de campo e pontuam sua relação com alguma dificuldade. Neste momento, o convívio institucional é bastante tranquilo – inclusive o Cori treinou nesta sexta-feira (9) no CT da SM Sports, onde o LEC treina diariamente. O espaço, de posse do empresário Sérgio Malucelli, mecenas do Londrina, é um dos mais completos do País.

A troca de jogadores entre os dois clubes também vem sendo constante. Desde Dirceu, há alguns anos, até o retorno de Keirrison ao Tubarão no início desta temporada, diversos atletas fazem o caminho Curitiba-Londrina e vice-versa (Germano, Paulinho Moccelin, Thiago Lopes, Kady…). O que mostra que possíveis ressentimentos passados já ficaram para trás, e os dois clubes vivem uma relação positiva – ainda mais em um ano em que ambos representarão o Estado na Série B do Campeonato Brasileiro.

Em campo, entretanto, a voltagem sempre é alta. Para o Tubarão, a vitória pode marcar a classificação para a semifinal da Taça Dionísio Filho, a primeira fase do Campeonato Paranaense. Invicto na competição e em segundo lugar no grupo B, o LEC depende de si e de tropeços de Toledo, Rio Branco e União para se garantir. E se o Atlético não vencer o Cascavel, o Londrina entra na briga pelo primeiro lugar se passar pelo Coritiba.

Já o Coxa é o quarto lugar no grupo A, com cinco pontos. Com a chave embolada, é possível até mesmo terminar a rodada na liderança, caso consiga passar pelo Tubarão na tarde deste sábado. “É uma decisão. E eles têm um bom time, por isso temos que nos fechar pra fazer um bom jogo”, disse o zagueiro Romércio. “É mais um jogo que vale muito para nós”, completou o lateral-esquerdo William Matheus.

 O técnico Sandro Forner não deu pistas sobre a formação do time. Pressionado pelas más atuações, principalmente depois do empate contra o Parnahyba, pela Copa do Brasil, ele deve escalar força máxima diante do Londrina. Se quiser alterar o time, tem como opções Alex Alves e Matheus Bueno, que foram inscritos nesta sexta para o Campeonato Paranaense.

Ficha técnica

CAMPEONATO PARANAENSE
Taça Dionísio Filho – 5ª Rodada

LONDRINA x CORITIBA

Londrina
César; Matheuzinho, Dirceu, Luizão e Felipe; Germano, Rômulo, Thiago Primão e Rodrigo Figueiredo; Gustavo Tocantins e Carlos Henrique.
Técnico: Ricardinho

Coritiba
Wilson; César Benítez, Romércio, Thalisson Kelven e William Matheus; Júlio Rusch, Vitor Carvalho e Matheus Bueno (Thiago Lopes); Iago, Guilherme Parede (Alecsandro) e Kléber.
Técnico: Sandro Forner

Local: Estádio do Café (Londrina)
Horário: 16h30
Árbitro: Fábio Filipus
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos e Flávio Augusto Alves

Sobre admin

Check Also

Alan Costa assina por dois anos com o Coritiba

O zagueiro Alan Costa, de 27 anos, já se apresentou ao Coritiba para fazer exames …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *