Pagina Inicial / Coritiba / Coritiba enfim joga bem e vence o Londrina por 3×0

Coritiba enfim joga bem e vence o Londrina por 3×0

Demorou, mas finalmente o Coritiba conseguiu vencer e convencer neste Campeonato Paranaense. E não poderia ter vindo em melhor hora. Na tarde deste sábado (10), o time coxa-branca conseguiu uma atuação regular, goleou o Londrina por 3×0 em pleno Estádio do Café e afastou um pouco a má fase que rondava o clube. O time alviverde, a uma rodada do final da Taça Dionísio Filho, chegou aos 8 pontos, subiu para a terceira posição do grupo A e vai para o duelo contra o Toledo, nesta quarta-feira, também fora de casa, com boas chances de classificação à semifinal do Estadual.

 Com a obrigação de pontuar para seguir com chances de classificação, o Coritiba fez um bom primeiro tempo. Talvez os melhores 45 minutos de toda a sua trajetória até agora no Campeonato Paranaense. Mas o duelo começou difícil para o Coxa, já que o atacante Kléber, machucado, deixou o campo aos 15 minutos e deu lugar a Alecsandro.

Mesmo assim, o Coritiba, seguro defensivamente, marcou na primeira chance que criou. Aos 17 minutos, Thalisson Kalven lançou o estreante Marcos Moser, que cruzou na medida para Guilherme Parede, na área, marcar. O Londrina tentou reagir logo depois. Matheuzinho arriscou em cobrança de falta e assustou o goleiro Wilson.

Preciso na marcação, o Coritiba passou a aplicar bem seu jogo de posse de bola. Com o Londrina mais ofensivo, o time coxa-branca tinha espaços para os contra-ataques e as jogadas pelos lados do campo passaram a funcionar com Iago Dias e Guilherme Parede. O Tubarão, mais nervoso em campo, quase empatou aos 25 minutos, mas Germano errou o chute depois da jogada ensaiada com Thiago Primão.

Bastante irritado o desempenho ruim do Tubarão, o técnico Ricardinho fez duas mudanças ainda no primeiro tempo. Os atacantes Wesley e Miullen entraram e deixaram os donos da casa mais ofensivos. No entanto, foi o Coritiba que terminou o primeiro tempo assustando. Aos 37, Guilherme Parede recebeu de Alecsandro, chutou forte e César defendeu. Depois na cobrança de escanteio, Thalisson Kelven cabeceou para fora a última chance da etapa inicial.

Na etapa final, o Londrina poderia ter mudado a história do jogo aos dois minutos. Depois da bola na área e da falha defensiva do Coxa, Rodrigo Figueiredo, livre, chutou mal e perdeu grande chance. O castigo veio um minuto depois. A falha, dessa vez, foi da defesa do Tubarão. O goleiro César saiu mal, derrubou Thiago Lopes e foi expulso. A situação poderia ficar pior para os donos da casa. Aos 5 minutos, na cobrança da falta, Julio Rusch cobrou com perfeição e ampliou a vantagem para o Verdão.

Mesmo com um jogador a menos, o Londrina seguiu pressionando. Miullen e Dirceu por pouco não descontaram a vantagem. Mais organizado, o Coritiba ampliou o placar e encaminhou a vitória aos 19 minutos. Depois da boa jogada de Marcos Moser e Alecsandro, Thiago Lopes recebeu na cara do gol e bateu sem chances para o goleiro Alan.

O terceiro gol do Coritiba abateu de vez o Londrina. O Tubarão, que ainda mostrava certa disposição, virou presa fácil para o Verdão, que passou a dominar de vez a partida. Aos 30 minutos, o time coxa-branca chegou a fazer o quarto gol com Alecsandro, mas o camisa 9 estava impedido.

Com larga vantagem no placar, o Coritiba seguiu com o domínio do jogo. O Londrina tinha raros lances de perigo, enquanto o time coxa-branca, com mais confiança diante do resultado, apenas administrou a goleada diante do Tubarão, fora de casa, e garantiu três pontos importantes na luta pela classificação à semifinal da Taça Dionísio Filho.

Ficha técnica

CAMPEONATO PARANAENSE
Taça Dionísio Filho – 5ª Rodada

Londrina 0x3 Coritiba

Londrina
César; Matheuzinho, Dirceu, Luizão e Felipe; Rômulo, Germano, Thiago Primão (Wesley) e Rodrigo Figueiredo (Alan); Gustavo Tocantins (Miullen) e Carlos Henrique.
Técnico: Ricardinho

Coritiba
Wilson; Marcos Moser, Thalisson Kelven, Romércio e William Matheus; Vitor Carvalho, Julio Rusch e Thiago Lopes; Iago (João Paulo), Guilherme Parede (Kady) e Kléber (Alecsandro).
Técnico: Sandro Forner

Local: Estádio do Café (Londrina)
Árbitro: Fábio Filipus
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Flávio Augusto Alves (PR)
Gols: Guilherme Parede, 17 do 1°; Julio Rusch 5 eThiago Lopes 19 do 2°
Cartões amarelos: Luizão (LEC); Iago (COR)
Cartão vermelho: César (LEC)
Público pagante: 2.664
Público total: 3.082
Renda: R$ 57.648,000

Sobre admin

Check Also

Alan Costa assina por dois anos com o Coritiba

O zagueiro Alan Costa, de 27 anos, já se apresentou ao Coritiba para fazer exames …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *