Pagina Inicial / Paraná Clube / ‘Coringa’ Caio Henrique admite que Micale pesou na vinda pro Paraná Clube

‘Coringa’ Caio Henrique admite que Micale pesou na vinda pro Paraná Clube

Com apenas 20 anos, o meia Caio Henrique é um dos principais reforços contratados pelo Parana Clube para a disputa do Campeonato Brasileiro. O jogador, revelado na base do Santos e com uma passagem pelo Atlético de Madrid, da Espanha, tem o diferencial de atuar como uma espécie de coringa, exercendo várias funções no meio de campo. Característica importante e que vai tornar o jogador titular na equipe comandada pelo técnico Rogério Micale.

No jogo-treino contra o Joinville, no último final de semana, Caio Henrique atuou como segundo volante, ao lado de Wesley Dias na contenção e de Carlos Eduardo na criação das jogadas.

“Posso ter várias funções. Como primeiro homem, segundo volante e armador. É esperar e ver o que o Micale vai pedir, mas posso desempenhar as três funções no meio de campo”, contou ele, que foi apresentado oficialmente nesta terça-feira (10).

 Por já ter trabalhado com Micale nas seleções de base, quando já atuou como volante, o atleta reforçou que a presença do treinador foi um diferencial para o acerto com o Paraná Clube. Além disso, morar em Curitiba e o momento de ascensão do Tricolor também pesaram na decisão.

“Tive algumas propostas para jogar a Série A, mas a do Paraná Clube pesou bastante pela cidade boa, pelo clube estar em ascensão e por trabalhar com os jogadores mais jovens. O Micale está no comando e é uma boa oportunidade para a gente”, revelou Caio Henrique, que esteve perto de voltar para o Santos, clube que o revelou.

Mesmo com 20 anos, Caio Henrique volta ao futebol brasileiro com a bagagem de ter treinado ao lado de grandes jogadores em um dos principais times do futebol mundial. O atleta garantiu que, neste período longe do Brasil, conseguiu evoluir como pessoa e como profissional.

“Para mim foi o choque quando cheguei. Estava acostumado a ver os jogadores que estavam lá pela televisão. Foi muito bom, uma experiência muito produtiva para mim. Evolui bastante na parte tática. Na base do Santos não tinha que marcar, não tinha intensidade e lá fora você tem que ter isso. Evoluí bastante nesse período”, concluiu o novo meia paranista.

Sobre admin

Check Also

Paraná Clube fecha com Carlos, do Atlético-MG, após longa novela

O atacante Carlos é, oficialmente, o novo reforço do Paraná Clube  para a sequência da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *