Pagina Inicial / Atlético Paranaense / Atlético abre o Brasileirão em casa e sonhando alto

Atlético abre o Brasileirão em casa e sonhando alto

Há um bom tempo o Atlético não chegava a uma estreia de Campeonato Brasileiro sob tanta expectativa. O jogo deste domingo (15), às 19h, contra a Chapecoense, na Arena da Baixada, marca o início de uma caminhada que foi planejada de forma quase obsessiva nos últimos cem dias. Pouquíssimos jogos, um elenco alternativo jogando (e conquistando) o Campeonato Paranaense, a preparação exclusiva para chegar no Brasileirão tinindo. Tudo isso o Furacão fez. E até agora está dando tudo certo.

O Rubro-Negro que entra em campo diante da Chape chega no seu melhor momento. Domingo (8), o time de aspirantes venceu o rival Coritiba e levou o título estadual, coroando a estratégia de preservar os jogadores principais. E quando estes entraram em campo pela Copa Sul-Americana, na quinta-feira (12), o que se viu foi um passeio contra o Newell’s Old Boys, vitória por 3×0 e classificação para a segunda fase encaminhada.

 O planejamento atleticano também tem os números a favor. O time principal está invicto na temporada. No cômputo geral, apenas uma derrota, o time da Série A que menos perdeu em 2018. Aproveitamento em campo, conquistas e um elenco fortalecido – além dos que já eram jogadores de Fernando Diniz desde o início do ano, agora estão integrados Matheus Anjos, João Pedro, Ederson e Bruno Guimarães, os destaques do título paranaense.

É um cenário positivo e que motiva muito o Furacão. “Treinamos bastante e agora teremos uma sequência grande, com três competições simultâneas. Mas será um período importante para a nossa equipe. Vamos enfrentar várias decisões e temos tudo para fazer um grande ano”, resumiu o meia Nikão.

Outra expectativa está na forma do Atlético jogar. É o tema que provoca análises, com defensores apaixonados ou cautelosos críticos. A vitória sobre os argentinos foi um grande “trailer”, uma mostra daquilo que Fernando Diniz promete como jeito de atuar e também uma demonstração de potencial rubro-negro. “O time chega bem. Os cem dias até aqui foram muito bem aproveitados, com trabalhos intensos. Tivemos poucos problemas de lesão e hoje o time está inteiro. A maratona de jogos vai começar, nosso time está pronto e esperamos que possamos lidar bem com isso”, comentou o treinador.

Se há a Sul-Americana e a Copa do Brasil, com a decisão de vaga contra o São Paulo na quinta-feira (19) no Morumbi, não será surpresa se o Atlético tiver mudanças no time diante da Chape. Fernando Diniz sabe que o rendimento pode cair se a condição física não for a ideal. “Com a maneira da gente trabalhar, se tiver uma ou duas peças muito abaixo, o time tende a sofrer”, afirmou. Por isso ele mantém mistério quanto à escalação, mas jogadores com maior desgaste, como Guilherme, Nikão, Paulo André e Lucho González podem ser preservados.

Ficha técnica

CAMPEONATO BRASILEIRO
1º Turno – 1ª Rodada

Atlético x Chapecoense

Atlético
Santos; Pavez, Thiago Heleno e Paulo André (Wanderson); Matheus Rossetto, Camacho, Lucho González (Bruno Guimarães) e Renan Lodi (Thiago Carleto); Guilherme, Nikão e Pablo.
Técnico: Fernando Diniz

Chapecoense
Jandrei; Apodi, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo e Canteros; Arthur, Vinicius e Wellington Paulista.
Técnico: Gilson Kleina

Local: Joaquim Américo
Horário: 19h
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Assistentes: Hélcio Araújo Neves (PA) e Heronildo Freitas da Silva (PA)

Sobre admin

Check Also

Atlético encara o Caracas em seu primeiro jogo da história na Venezuela

Pela primeira vez em sua história, o Atlético fará uma partida na Venezuela. Nesta quarta-feira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *