Pagina Inicial / Paraná Clube / Paraná Clube encara o São Paulo na volta à elite do futebol brasileiro

Paraná Clube encara o São Paulo na volta à elite do futebol brasileiro

Dez anos se passaram. A angústia, finalmente, acabou pra torcida do Paraná Clube. Nesta segunda-feira (16), a partir das 20h, no Morumbi, o Tricolor volta a jogar pela Série A após uma longa jornada na Série B. Diante do São Paulo, o time comandado pelo técnico Rogério Micale chega como azarão. Aliás, essa será a principal característica do Paraná no Brasileirão. Apontado como sério candidato ao rebaixamento, o Tricolor precisará calar o Brasil inteiro para conquistar sua grande meta na competição: permanecer na elite.

“O que eu digo é que nós só temos a ganhar, pois já estamos em último em todas as projeções. Então se chegarmos em 19º, que não é o nosso objetivo, já é um ganho em cima das expectativas. Mas eu converso com os meus jogadores é que ninguém determina nada pela gente. Ninguém determina nossas qualidades, dificuldades, apenas nós, com nosso empenho e determinação. Queremos ser essa surpresa”, afirmou o técnico Rogério Micale.

O discurso de confiança não cabe apenas ao comandante, mas também para o elenco. Principalmente em relação àqueles que acabaram de chegar.

“O São Paulo é uma grande equipe, sabemos da qualidade, mas se formos olhar só a pedreira que vamos enfrentar não vamos seguir em frente. Temos que ir com tudo pra cima do São Paulo. Com respeito ao time deles, mas o Paraná também é grande, senão não estaria na Série A. Temos que jogar de igual pra igual, são onze contra onze, dentro de campo só muda a camisa e o Estado”, afirmou o zagueiro Cléber Reis, que é uma das novidades do clube pra Série A. Além dele, outros reforços desembarcaram na Vila Capanema após o time fracassar no Campeonato Paranaense.

O zagueiro Jesiel, o meia Caio Henrique e os atacantes Luan Viana, Silvinho, Léo Itaperuna e Raphael Alemão são as caras novas do Tricolor até o momento. Nomes não tão expressivos, mas que chegaram para encorpar o time, que faz, até aqui, um 2018 muito irregular e que aina não convenceu o torcedor.

“Não temos grandes estrelas, nosso orçamento é menor que dos demais clubes. É até normal que se trace esse tipo de pré conceito que somos candidato ao rebaixamento. Cabe a nós mostrarmos lá dentro que pode ser diferente”, frisou Micale, que destacou o grupo que tem em mãos.

 “Ganhamos opções. O desafio é mostrar que temos um grupo competitivo para fazer uma boa campanha. É um desafio, mas um bom momento para o Paraná Clube estrear na competição mostrando aquilo que ele quer. É um jogo difícil, mas temos condições de voltar com pontos de lá”, ressaltou o comandante, que adotou o mistério para o primeiro jogo da equipe. Certo mesmo é que o Paraná Clube chega renovado neste retorno à elite.

FICHA TÉCNICA

BRASILEIRÃO
1º Turno – 1ª Rodada

São Paulo x Paraná Clube

São Paulo
Sidão; Éder Militão (Régis), Rodrigo Caio (Bruno Alves), Arboleda e Júnior Tavares (Edimar); Jucilei (Hudson), Petros (Cueva) e Liziero; Nenê (Lucas Fernandes), Tréllez (Diego Souza) e Valdívia (Marcos Guilherme). Técnico: Diego Aguirre.

Paraná Clube
Richard; Alemão, Cléber Reis (Jesiel), Rayan e Mansur; Wesley Dias, Caio Henrique e Carlos Eduardo; Raphael Alemão, Silvinho e Luan Viana (Thiago Santos). Técnico: Rogério Micale

Local: Morumbi
Horário: 20h
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)

Sobre admin

Check Also

Paraná Clube deve premiação a jogadores que conquistaram o acesso em 2017

A situação financeira do Paraná Clube parece ser mais grave do que aparenta. Atravessando dificuldades, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *