Pagina Inicial / Paraná Clube / Rogério Micale relembra Olimpíadas e nega preocupação no Paraná Clube

Rogério Micale relembra Olimpíadas e nega preocupação no Paraná Clube

O Paraná Clube segue na preparação para a quarta rodada do Campeonato Brasileiro, em que vai enfrentar a Chapecoense, na Arena Condá. O jogo acontecerá na segunda-feira(07), às 20h e, caso venha, a vitória será fundamental para tranquilizar o ambiente no Tricolor, que ainda não venceu na competição. Apesar das três derrotas, o técnico Rogério Micale, em coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (04), negou um cenário preocupante para o time.

“A situação não é nada desesperadora. Nossa resposta precisa ser dada lá no final do campeonato. Como falei nos Jogos Olímpicos, o importante não é como se inicia, mas sim como termina. Vamos trabalhar muito para terminar bem”, lembrou o técnico referindo-se a quando foi campeão nas Olimpíadas em 2016 pela Seleção Brasileira.

Admitindo as dificuldades de trabalhar com poucos recursos, Micale disse que não vai culpar o clube pela falta de vitórias.

“Seria muito fácil como treinador, chegar aqui e transferir responsabilidade. Falar que precisa de jogador, precisamos contratação, precisamos trazer mais peças, que o elenco é reduzido…seria muito fácil, é o normal no futebol. Não é o caso! Quando eu fui contratado pelo Paraná Clube eu sabia exatamente onde estava vindo, quis estar aqui, quis esse desafio para minha carreira, então seria covardia da minha parte agora ficar reclamando pelos cantos. Não vou fazer isso nunca”, explicou o comandante.

Mesmo trabalhando com uma realidade bem distante da que considera ideal, o treinador destaca que falta apenas um detalhe para que o time possa encontrar o caminho da vitória: o gol.

“Quando eu cito os números das partidas, quero dizer que com os valores que nós temos,  mesmo não ganhando, estamos criando, estamos chegando lá. Somos o primeiro ou o segundo time que mais finalizou até agora. É questão de confiança, de a bola começar entrar para os resultados começarem a vir”, avaliou.O treinador paranista pede que o torcedor tenha paciência e entenda que o trabalho está sendo feito.“O torcedor precisa ajudar, não tem que fazer isso se tornar uma loucura, que isso só vai piorar a situação. Dinheiro não vai brotar em árvore, não vai chegar amanhã e vão aparecer 10 ou 15 milhões. Nosso orçamento é enxuto e não será feita nenhuma loucura. Mas eu não vou reclamar, vou trabalhar. Estou vestindo a camisa, assim como todos aqui. O elenco também não está satisfeito e sabe que pode render mais”, finalizou Micale.

Sobre admin

Check Also

Paraná Clube já usou 48 jogadores em 2018

Desde o dia 17 de janeiro, quando estreou no Campeonato Paranaense, até a última vez …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *