Pagina Inicial / Paraná Clube / Paraná Clube quer reação contra o Santos na Vila Belmiro

Paraná Clube quer reação contra o Santos na Vila Belmiro

Ainda irregular neste seu retorno à primeira divisão, o Paraná Clube, lanterna do Campeonato Brasileiro, precisa reagir o mais rápido possível. Depois de conquistar, na última segunda-feira, fora de casa, diante da Chapecoense, seu primeiro ponto, o time paranista vai tentar, neste domingo(13), diante do Santos, às 19h, na Vila Belmiro, sua primeira vitória na competição nacional. Um bom resultado no litoral paulista pode significar a saída do Tricolor da zona de rebaixamento e provar que o trabalho do time do técnico Rogério Micale está no caminho certo.

Apesar da campanha ruim e de figurar há várias rodadas na lanterna do Campeonato Brasileiro, o Paraná apresenta bons números. Por exemplo, o time paranista é o segundo time que mais finaliza a gol da competição nacional. Foram 64 tentativas, mas apenas dois gols marcados. Fator fundamental a ser melhorado e que foi trabalhado durante a semana pelo técnico Rogério Micale.

 “Está faltando a bola entrar. Estamos treinando semanalmente para isso. No treino o principal é estar buscando os aspectos dentro do modelo de jogo e todo complemento está sendo inserido o trabalho de finalização, em várias situações e várias formas”, apontou o treinador.

Além desse treino mais específico de finalizações, o técnico Rogério Micale destacou a importância de ser trabalhado o lado emocional dos jogadores. Somente aliando esses dois fatores é que o time paranista conseguirá fazer os gols e, assim, sair com melhores resultados neste Brasileirão.

“Lógico que no jogo entra muito o emocional, essa ansiedade de querer fazer logo o gol, finalizar rápido. Temos que equilibrar. Somos a segunda equipe que mais finaliza na competição. É um dado interessante e parece que soa como desculpa. Mostrando que estamos criando muito, chegando lá. É ter mais capricho e acredito que vamos alcançar isso. O trabalho está sendo feito e gostaria muito de sair na frente em um jogo para ver como vamos reagir”, emendou Micale.

Neste início de Brasileirão, o técnico Rogério Micale ainda não conseguiu repetir a escalação do Paraná de uma partida para outra. Diante do Santos, o treinador tem problemas, mas tem também retornos importantes. O goleiro Richard, o volante Wesley Dias e o meia Carlos Eduardo estão novamente à disposição.

Por outro lado, o treinador não poderá contar com o zagueiro Cléber Reis, por força de contrato, já que pertence ao Santos, com o lateral-esquerdo Mansur, expulso diante da Chapecoense e com o volante Jhonny Lucas, que está machucado. O treinador lamentou a falta de repetição do time paranista, já que a equipe ainda está em construção e precisa ganhar conjunto o mais rápido possível.

“Como o time é recém-formado, estamos utilizando jogadores recém-chegados. Como tentei fazer no Paranaense, estou buscando repetir um time padrão para eles ganharem entrosamento, para se conhecer. Isso é importante. Não é aquilo que a gente gostaria que fosse. São situações que a gente sabia que poderia encontrar e é ter tranquilidade e ter a melhor formação possível, ser competitivo. Quem vai entrar vai corresponder e vamos continuar com a evolução que os números mostram que estamos tendo”, concluiu o treinador paranista.

Ficha técnica

BRASILEIRÃO
1º Turno – 5ª Rodada

Santos x Paraná Clube

Santos
Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Renato e Jean Mota; Eduardo Sasha, Gabriel e Rodrygo.
Técnico: Jair Ventura

Paraná Clube
Richard; Alemão, Jesiel, Neris e Rayan; Wesley Dias (Torito González), Caio Henrique e Carlos Eduardo; Silvinho, Léo Itaperuna e Carlos.
Técnico: Rogério Micale

Local: Vila Belmiro
Horário: 19h
Árbitro: Wagner Reway (Fifa-MT)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)

Sobre admin

Check Also

Paraná Clube busca o início de uma reação contra a Chapecoense

O Paraná Clube busca nesta segunda-feira (7), quando encara a Chapecoense, às 20h, na Arena Condá, não …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *