Pagina Inicial / Geral / Em alta no Corinthians, Carille vive a expectativa de oferta de outro clube da Arábia

Em alta no Corinthians, Carille vive a expectativa de oferta de outro clube da Arábia

Não é apenas o Al-Hilal, da Arábia Saudita, que tem interesse na contratação do técnico Fábio Carille, do Corinthians.

Nos últimos dias, outro clube do mesmo país demonstrou interesse no corintiano, já que as negociações com o Al-Hilal não evoluíram tão rápido, e Jorge Jesus, do Sporting, de Portugal, ganhou força – embora o jornal “A Bola”, de Portugal, garanta que ele não aceitará o convite.

Trata-se do Al-Wehda, time recém-promovido à Primeira Divisão do país, que conta com um brasileiro no elenco, o atacante Felipe Adão, ex-Vasco e Botafogo.

A informação foi divulgada no site árabe “Dawri Plus”, após uma confirmação do presidente do clube, Hatem Khaimi, que disse que os contratos seriam enviados ao Brasil. O GloboEsporte.com confirmou que houve um contato entre as partes. Carille está ciente de mais uma possibilidade.

Fábio Carille segue com futuro indefinido no Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)Fábio Carille segue com futuro indefinido no Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)

Fábio Carille segue com futuro indefinido no Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)

Com contrato até o fim de 2019 e acordo para mais um, Carille sempre disse que gostaria de cumprir seu vínculo até o fim. Segundo o próprio treinador, duas ofertas já foram recusadas por ele: uma da China e outra do mundo árabe. Dessa vez, porém, o futuro está indefinido.

Nesta terça-feira, o técnico emitiu nota e pediu desculpas pela generalização que fez na última entrevista coletiva, em Recife, quando criticou as “mentiras de parte da imprensa”.

Em situação de espera, a diretoria do Timão diz que não pretende, neste momento, oferecer um aumento salarial para tentar convencer Carille a seguir no clube. Nesta quinta, ele comanda o Timão contra o Millonarios, da Colômbia, às 21h30 (de Brasília), na Arena Corinthians.

Fonte: Globo.com

Sobre admin

Check Also

Dedé se sente perseguido pela arbitragem e vê influência política em duelos do Cruzeiro com o Boca

O Cruzeiro empatou por 1 a 1 com o Boca no jogo de volta das …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *