Pagina Inicial / Paraná Clube / Contra um Vasco em crise, Paraná Clube tenta primeira vitória no Brasileirão

Contra um Vasco em crise, Paraná Clube tenta primeira vitória no Brasileirão

Ainda sem vencer e ocupando a lanterna do Campeonato Brasileiro, o Paraná Clube vai tentar conseguir um novo rumo na competição nesta quarta-feira (30), às 19h30, diante do Vasco, em São Januário. Chegou a hora de o time paranista transformar as atuações regulares das últimas rodadas em vitória e a chance será diante de um adversário que vem todo remendado por conta de desfalques e em crise. Boa oportunidade para o Tricolor, enfim, conquistar seu primeiro resultado positivo e iniciar a luta para sair da zona de rebaixamento.

Para isso, o Paraná Clube terá que ter uma atuação mais eficiente no seu ataque. Com três gols marcados em sete partidas, a equipe tem o pior rendimento ofensivo do Brasileirão. Não que o time do técnico Rogério Micale não tenha criado chances até agora. Pelo contrário. É preciso, porém, caprichar um pouco mais no último passe.

Se conseguir concluir melhor as chances criadas e mantiver o aproveitamento defensivo dos últimos jogos, o Tricolor tem boas chances de voltar do Rio de Janeiro com os três pontos na bagagem. Isto porque, nos empates em 0x0 com Grêmio e Atlético, na Vila Capanema, o time paranista conseguiu o encaixe da sua defesa, tomou poucos sustos e deve manter a forma de atuar daqui em diante no Campeonato Brasileiro.

“A gente tem que fazer o que vem fazendo, que é procurar o gol sempre. Infelizmente, a bola não está entrando. A gente está ansioso para fazer o primeiro gol e sair na frente. A nossa defesa está bem postada e tenho certeza que a gente vai pra lá com essa proposta de jogo para conseguir os três pontos”, cravou o lateral-esquerdo Mansur.

Pelo terceiro jogo seguido, Micale deve manter a mesma escalação. Apesar de ser um fator positivo a repetição do time, o atacante Silvinho sabe que é preciso melhorar ofensivamente para, enfim, conseguir a primeira vitória.

“Mudar o ataque cabe ao professor. O pessoal está trabalhando bastante. Todo mundo está capacitado para, quando entrar, ajudar o time. A gente fica um pouco chateado de a bola não entrar. Oportunidade a gente tem, mas acaba chutando mal, não faz o passe certo. Mas acho que a gente melhorou. A gente parou de tomar gols, defensivamente está encaixado e ali na frente a gente vai continuar trabalhando para conseguir fazer os gols”, garantiu o camisa 11 paranista.

O duelo contra o Vasco pode ser considerado um confronto direto na luta contra a degola. O time carioca tem cinco pontos a mais que o Paraná Clube, que pode aproveitar o momento ruim do adversário e encurtar essa diferença em caso de vitória.

“É um fato que a gente pode aproveitar, né? Temos que ter a leitura de jogo, saber como vai estar e esperar o que o Micale vai propor para a gente ir preparado para esse jogo. O Vasco é um time bem trabalhado e temos que estar preparados para qualquer tipo de situação e qualquer tipo de jogo que vamos enfrentar no Rio”, concluiu Mansur.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE A
1º Turno – 8ª Rodada

Vasco x Paraná Clube

Vasco
Fernando Miguel; Rafael Galhardo, Breno, Erazo e Henrique; Werley, Bruno Cosendey e Giovanni Augusto; Pikachu, Rios e Riascos.
Técnico: Zé Ricardo

Paraná Clube
Thiago Rodrigues; Junior, Neris, Cléber Reis e Mansur; Leandro Vilela, Johnny Lucas, Torito González e Caio Henrique; Silvinho e Carlos.
Técnico: Rogério Micale

Local: São Januário (Rio de Janeiro)
Horário: 19h30
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)

Sobre admin

Check Also

Faltou entrosamento pro Paraná Clube na estreia no Paranaense

Uma derrota decretada com um gol aos 41 minutos do segundo tempo fez com que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *