Pagina Inicial / Paraná Clube / Contra um Vasco em crise, Paraná Clube tenta primeira vitória no Brasileirão

Contra um Vasco em crise, Paraná Clube tenta primeira vitória no Brasileirão

Ainda sem vencer e ocupando a lanterna do Campeonato Brasileiro, o Paraná Clube vai tentar conseguir um novo rumo na competição nesta quarta-feira (30), às 19h30, diante do Vasco, em São Januário. Chegou a hora de o time paranista transformar as atuações regulares das últimas rodadas em vitória e a chance será diante de um adversário que vem todo remendado por conta de desfalques e em crise. Boa oportunidade para o Tricolor, enfim, conquistar seu primeiro resultado positivo e iniciar a luta para sair da zona de rebaixamento.

Para isso, o Paraná Clube terá que ter uma atuação mais eficiente no seu ataque. Com três gols marcados em sete partidas, a equipe tem o pior rendimento ofensivo do Brasileirão. Não que o time do técnico Rogério Micale não tenha criado chances até agora. Pelo contrário. É preciso, porém, caprichar um pouco mais no último passe.

Se conseguir concluir melhor as chances criadas e mantiver o aproveitamento defensivo dos últimos jogos, o Tricolor tem boas chances de voltar do Rio de Janeiro com os três pontos na bagagem. Isto porque, nos empates em 0x0 com Grêmio e Atlético, na Vila Capanema, o time paranista conseguiu o encaixe da sua defesa, tomou poucos sustos e deve manter a forma de atuar daqui em diante no Campeonato Brasileiro.

“A gente tem que fazer o que vem fazendo, que é procurar o gol sempre. Infelizmente, a bola não está entrando. A gente está ansioso para fazer o primeiro gol e sair na frente. A nossa defesa está bem postada e tenho certeza que a gente vai pra lá com essa proposta de jogo para conseguir os três pontos”, cravou o lateral-esquerdo Mansur.

Pelo terceiro jogo seguido, Micale deve manter a mesma escalação. Apesar de ser um fator positivo a repetição do time, o atacante Silvinho sabe que é preciso melhorar ofensivamente para, enfim, conseguir a primeira vitória.

“Mudar o ataque cabe ao professor. O pessoal está trabalhando bastante. Todo mundo está capacitado para, quando entrar, ajudar o time. A gente fica um pouco chateado de a bola não entrar. Oportunidade a gente tem, mas acaba chutando mal, não faz o passe certo. Mas acho que a gente melhorou. A gente parou de tomar gols, defensivamente está encaixado e ali na frente a gente vai continuar trabalhando para conseguir fazer os gols”, garantiu o camisa 11 paranista.

O duelo contra o Vasco pode ser considerado um confronto direto na luta contra a degola. O time carioca tem cinco pontos a mais que o Paraná Clube, que pode aproveitar o momento ruim do adversário e encurtar essa diferença em caso de vitória.

“É um fato que a gente pode aproveitar, né? Temos que ter a leitura de jogo, saber como vai estar e esperar o que o Micale vai propor para a gente ir preparado para esse jogo. O Vasco é um time bem trabalhado e temos que estar preparados para qualquer tipo de situação e qualquer tipo de jogo que vamos enfrentar no Rio”, concluiu Mansur.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE A
1º Turno – 8ª Rodada

Vasco x Paraná Clube

Vasco
Fernando Miguel; Rafael Galhardo, Breno, Erazo e Henrique; Werley, Bruno Cosendey e Giovanni Augusto; Pikachu, Rios e Riascos.
Técnico: Zé Ricardo

Paraná Clube
Thiago Rodrigues; Junior, Neris, Cléber Reis e Mansur; Leandro Vilela, Johnny Lucas, Torito González e Caio Henrique; Silvinho e Carlos.
Técnico: Rogério Micale

Local: São Januário (Rio de Janeiro)
Horário: 19h30
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)

Sobre admin

Check Also

Paraná Clube já usou 48 jogadores em 2018

Desde o dia 17 de janeiro, quando estreou no Campeonato Paranaense, até a última vez …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *