Pagina Inicial / Atlético Paranaense / Atlético perde para o São Paulo pela primeira vez na Arena a Baixada

Atlético perde para o São Paulo pela primeira vez na Arena a Baixada

E acabou a freguesia. Depois de 36 anos, o São Paulo volta a vencer o Atlético em Curitiba. Neste sábado, o time paulista fez 1×0 sobre o Furacão, num jogo muito corrido, mas com muitos erros de passe, especialmente por parte do Rubro-Negro. Foi a primeira vitória do Tricolor paulista na Arena da Baixada. O resultado coloca o São Paulo em segundo lugar na classificação com 20 pontos e mantém o Atlético na zona de rebaixamento, em 17º, com apenas 9 pontos.

A torcida não perdoou a terceira derrota seguida do Furacão e cantou antes mesmo do apito final do árbitro “time sem vergonha”. Este novo tropeço deixa a situação do técnico Fernando Diniz praticamente insustentável e a diretoria deve promover mudança no comando técnico.

O Atlético provou um pouco do seu próprio esquema de jogo nos primeiros minutos de partida. O São Paulo teve a maior posse de bola e não deixava o Furacão tocar na bola. O time paulista chegou a fazer uma pressão no início do jogo, mas nada que levasse muito perigo à meta do goleiro Santos. O Furacão parecia nervoso em campo e errava muitos passes, irritando a torcida, que com apenas 20 minutos de bola rolando já ensaiou uma vaia ao time.

Para ajudar, Lucho González sentiu uma lesão ainda no primeiro tempo e teve que ser substituído. Pavez entrou no lugar do argentino. O jogo seguiu equilibrado e foram poucas chances de gol para os dois lados. O São Paulo incomodou num chute cruzado de Everton. A bola desviou em Wanderson e Santos tirou com o pé. Antes do fim da primeira etapa, Raphael Veiga arriscou de fora da área e obrigou Sidão a fazer uma boa defesa.

Na saída para o intervalo, a torcida, que já estava p… da vida com a atuação do time, não poupou os jogadores e, principalmente, o técnico Fernando Diniz, que foi para o vestiário debaixo de muitas vaias e pedidos pela sua saída.

Os dois times voltaram para o segundo tempo sem alterações. Mas o ritmo do jogo foi completamente diferente. Com mais velocidade na troca de passes, as primeiras chances de gol logo surgiram. Primeiro foi o São Paulo, que num contra-ataque puxado por Diego Souza, quase abriu o placar numa cabeçada do próprio Diego Souza, que fez Santos se esticar todo para salvar o Furacão. A resposta do Atlético veio num chute cruzado de Marcinho, que desviou na zaga e foi para escanteio.

E o São Paulo abriu o placar num vacilo da zaga rubro-negra. Tentando sair jogando lá de trás, Bruno Guimarães recebeu do goleiro Santos, se enrolou todo com a bola e foi desarmado por Nenê, que tocou para Everton, dentro da área. Camacho chegou por trás e derrubou o atacante sãopaulino. O árbitro marcou o pênalti, que Nenê cobrou e fez o gol do time paulista.

O Atlético tentou, mas não teve competência para chegar ao menos no empate e evitar a derrota para o São Paulo. Nem mesmo nas bolas paradas com Thiago Carleto, a principal arma do Furacão nesta temporada, o Rubro-Negro conseguiu levar perigo ao gol de Sidão.

Ficha técnica

SÉRIE A
1º Turno – 11ª Rodada

Atlético 0x1 São Paulo

Atlético
Santos; Marcinho, Wanderson (Guilherme), Thiago Heleno e Thiago Carleto; Matheus Rossetto, Lucho González (Pavez), Camacho e Bruno Guimarães; Raphael Veiga, Bergson e Pablo (Bill).
Técnico: Fernando Diniz

São Paulo
Sidão; Éder Militão, Anderson Martins, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Nenê (Lucas Fernandes); Araruna (Petros), Everton e Diego Souza (Trellez).
Técnico: Diego Aguirre

Local: Arena da Baixada
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)

Gols: Nenê aos 16

Cartões amarelos: Bergson, Camacho, Raphael Veiga, Jucilei, Nenê, Hudson

Público total: 9.323

Renda: R$ 228.490,00

Sobre admin

Check Also

Atlético perde pro Botafogo e passará Copa do Mundo na ZR

O Atlético amargou mais uma derrota no Campeonato Brasileiro, a quarta seguida. Com gol de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *