Pagina Inicial / Paraná Clube / Paraná Clube segue com a pior temporada entre os 20 clubes da Série A

Paraná Clube segue com a pior temporada entre os 20 clubes da Série A

Ainda que não seja o último na tabela do Campeonato Brasileiro, o aproveitamento que o Paraná Clube vem tendo na temporada como um todo é o pior dos 20 times do Brasileirão. Isso porque entre as quatro equipes que compõem a zona de rebaixamento da competição, o Tricolor é o único que não tem nenhuma conquista no ano. Os outros participantes da área de risco – Ceará, Atlético e Bahia – mesmo que estejam igualmente ameaçados pelo descenso, foram campeões estaduais. Além de levantar a taça em Salvador, por exemplo, o tricolor baiano chegou à final da Copa do Nordeste e ainda segue na Copa do Brasil, assim como o Furacão, o único desses em uma competição internacional: a Sul-Americana.

Enquanto isso, o Paraná fez participações discretas até aqui nos campeonatos que disputou. Não chegou nem perto da grande final do Campeonato Paranaense e saiu da Copa do Brasil na segunda fase. Ainda que fosse senso comum dizer que 2018 seria desafiador para o time da Vila Capanema, a expectativa é de que a essa ‘altura‘ as coisas já estivessem encaixadas.

Desde dezembro de 2017, o Paraná Clube sabia que enfrentaria dificuldades nos próximos 12 meses. Depois de dez anos na Série B, finalmente a equipe voltou à elite do futebol brasileiro. Por isso, a diretoria começou a traçar estratégias para estruturar um bom time que pudesse fazer bonito no Paranaense e, consequentemente, entrar entrosado no Brasileirão. Porém, não foi o que aconteceu. A remontagem do time para a nova temporada e a contratação do técnico Wagner Lopes não surtiram o efeito desejado. Na Taça Dionísio Filho, o primeiro turno do Paranaense, o Tricolor sequer chegou às fases eliminatórias, fazendo uma campanha muito aquém do esperado. Para a Taça Caio Júnior, o segundo turno, veio Rogério Micale e com ele a esperança de corrigir, a tempo, o rumo da situação. O Paraná conseguiu a classificação para a semifinal, mas parou no Londrina e não conseguiu ir até a decisão.

Com a esperança de que o ano ainda poderia ser salvo, o Paraná, de forma forçada, voltou todas suas atenções à Série A. Porém nas 12 rodadas já disputadas, apenas duas vitórias conquistadas e quatro empates.

Nessa intertemporada, na esperança de arrumar o time, mais dois reforços vieram. Ao todo, desde o início do ano foram 30 novos jogadores trazidos ao Ninho da Gralha. Destes, dez já foram embora.

Com 26 rodadas até o fim do Brasileirão, ainda é possível que o Paraná Clube possa reverter esse quadro. Mas para isso terá que se superar e terminar o ano de forma diferente do que começou.

Sobre admin

Check Also

Paraná Clube deve premiação a jogadores que conquistaram o acesso em 2017

A situação financeira do Paraná Clube parece ser mais grave do que aparenta. Atravessando dificuldades, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *