Pagina Inicial / Paraná Clube / “Torcedor” do Paraná Clube desbanca titular e vira o paredão do Tricolor na Série A

“Torcedor” do Paraná Clube desbanca titular e vira o paredão do Tricolor na Série A

Revelado nas categorias de base do Paraná, o goleiro Thiago Rodrigues, hoje aos 29 anos, está vivendo no clube que o revelou um dos melhores momentos da sua carreira. Contratado no início do ano para ser, inicialmente, o terceiro goleiro do Tricolor, o arqueiro desbancou Richard, que foi um dos heróis do acesso à primeira divisão, no ano passado, e se firmou na equipe titular. Ganhou a confiança do técnico Rogério Micale e é um dos símbolos da tentativa de arrancada para tentar livrar o clube do rebaixamento à Série B.

“Encaro com naturalidade esse momento. É uma extensão do nosso trabalho. Venho fazendo com muito esforço e sacrifício. Graças a Deus pude entrar e, nesse momento de instabilidade que o time está passando, pude dar minha contribuição. Em dado momento a gente conseguiu arrumar a casa e Deus tem me abençoado bastante. Espero manter assim para o restante da Série A”, apontou o arqueiro paranista, em entrevista exclusiva à Rádio Trio de Ferro.

Thiago Rodrigues foi contratado no dia 23 de janeiro por conta da demora da recuperação de Richard, que passou por um procedimento cirúrgico de hérnia inguinal no período das férias. O goleiro Luís Carlos, também revelado no Tricolor, foi contratado no início do ano, mas acabou sofrendo uma lesão na mão logo nas primeiras atividades.

Durante a Série A, a diretoria contratou David, do futebol catarinense, que ganhou uma chance nos duelos contra Sport, Chapecoense e Santos, mas também não correspondeu. Depois de algum tempo fora, Richard voltou a ficar à disposição do técnico Rogério Micale na nona rodada, na vitória por 2×1 diante do Fluminense, na Vila Capanema. Porém, Thiago Rodrigues garantiu de vez a titularidade e não se amedronta com a sombra do então titular da meta paranista.

“Minha motivação é diária, que é eu querer melhorar a cada dia. Essa situação do Richard eu tive no Figueirense. Quando estava jogando lá, no banco estava o Gatito Fernández, que estava sendo convocado para a seleção paraguaia. Não tem problema. Espero fazer uma grande reta final de Série A e poder permanecer junto com o Paraná na Série A”, contou.

O goleiro está quase realizado profissionalmente no Tricolor. Além do momento que vive, o arqueiro não esconde a motivação a mais de poder defender seu clube do coração na disputa do Campeonato Brasileiro.

“É o clube que eu amo, que fui criado. Sou grato por poder voltar e contribuir, por poder ver o Paraná bem, totalmente estruturado e a instituição merece. Esse clube é gigante. O meu sentimento é gratidão e ao mesmo tempo de muita motivação por poder ajudar. Temos um elenco fantástico e com certeza o torcedor que me ver em campo vai ver um guerreiro dando a vida pelo time”, emendou Thiago Rodrigues.

O Paraná Clube, que chegou, nas primeiras rodadas, a ter um dos piores rendimentos defensivos do Brasileirão, melhorou depois que o arqueiro assumiu a meta. Foram apenas cinco gols sofridos nos sete jogos em que atuou como titular. Antes, o Tricolor já havia sofrido 11 gols em cinco partidas. Fruto também do ajuste defensivo realizado por Micale durante o torneio.

“O time ali atrás conseguiu se arrumar. Era um fator que estava tendo uma instabilidade e para nós essa melhora é muito importante. Um bom time começa com uma boa defesa. O Paraná, hoje, está bem fortalecido ali atrás, na defesa, no meio e também no ataque. Nessa retomada vamos seguir com isso e tenho certeza que lá na frente as coisas vão melhorar e os gols vão começar a sair”, concluiu o goleiro paranista.

Sobre admin

Check Also

Paraná Clube deve premiação a jogadores que conquistaram o acesso em 2017

A situação financeira do Paraná Clube parece ser mais grave do que aparenta. Atravessando dificuldades, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *