Pagina Inicial / Geral / Maurício Shogun quer nova disputa de cinturão no UFC

Maurício Shogun quer nova disputa de cinturão no UFC

O caminho está aberto. Após ter conquistado o cinturão peso-pesado sobre Stipe Miocic, o também campeão dos meio-pesados, Daniel Cormier, revelou a vontade de disputar o título desta categoria contra o curitibano Maurício Shogun. O brasileiro entra no octógono do UFC Alemanha, no próximo domingo, diante de Anthony Smith, que aceitou o confronto às pressas. O americano substitui Volkan Oezdemir, que foi cortado. Apesar de seu novo adversário não estar nem no ranking dos Top 15 dos meio-pesados, Shogun acredita que um triunfo pode lhe render uma disputa de cinturão.

“Daniel Cormier é um excelente atleta. Se eu vencer essa próxima luta, tenho certeza absoluta que lutarei a próxima pelo cinturão. Principalmente, por conta da minha carreira e história no MMA”, disse o curitibano. De fato, Maurício Shogun tem muita história para contar. Com 36 anos, ele é um dos pupilos da tradicional Chute Boxe, já brilhou no Japão na conquista do Pride e também já foi campeão do UFC no passado. Hoje, com 25 vitórias e dez derrotas no “currículo”, o curitibano ainda busca encerrar a carreira sendo campeão.

Por outro lado, quem já fala em aposentadoria é o próprio Daniel Cormier. Campeão de duas categorias, o americano também é comentarista na imprensa americana e, como Shogun mesmo disse, “deve estar ganhando muito dinheiro”. Para o curitibano, o gringo não surpreendeu ao desbancar o temido Stipe Miocic em seu último confronto. “Qualquer um poderia ganhar, mas eu não fiquei surpreso com a vitória do Cormier. Ele já está acostumado a enfrentar caras grandes na sua categoria”, frisou o brasileiro. “Ele ainda pode fazer muito mais pelo esporte”, completou Shogun.

Caso passe por Smith, o curitibano espera ter tempo suficiente para se preparar para uma disputa de cinturão. “Ele é bom em pé e no chão. Então, é difícil. Tem que treinar todas as áreas para enfrentá-lo. O cinturão é meu sonho, mas tenho que ir passo a passo e tenho uma nova luta neste fim de semana”, declarou o brasileiro. Shogun enfrenta um rival jovem, mas com muitas lutas em seu cartel. Anthony Smith, 29 anos, tem 29 vitórias e 13 derrotas na carreira e vem de um nocaute em cima do também ex-campeão Rashad Evans. “É uma luta de MMA, se ele me der abertura, vou levar pra baixo e trabalhar ali”, concluiu o curitibano.

Sobre admin

Check Also

Dedé se sente perseguido pela arbitragem e vê influência política em duelos do Cruzeiro com o Boca

O Cruzeiro empatou por 1 a 1 com o Boca no jogo de volta das …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *