Pagina Inicial / Coritiba / Coritiba afasta Alecsandro e Simião do elenco

Coritiba afasta Alecsandro e Simião do elenco

O Coritiba confirmou na tarde desta terça-feira (7) que o volante Simião e o atacante Alecsandro não fazem mais parte do elenco principal do time, para a sequência da Série B. A informação foi revelada pelo diretor de futebol do clube, Augusto de Oliveira, em coletiva de imprensa, ao lado do ex-jogador Pereira. O presidente do Verdão, Samir Namur, não compareceu pois esteve em Brasília, em uma reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Anteriormente, o Verdão já tinha afastado o zagueiro Alan Costa e o argentino Alvarenga.

“Todas as decisões são tomadas por um colegiado. Nós entendemos que precisaríamos fazer novas escolhas. Neste momento, alguns podem nos dar um retorno maior”, disse o dirigente. “O Alecsandro tem uma história importante, a permanência foi muito pautada por uma questão contratual e pelo custo-benefício não houve equilíbrio. Com isso, nós precisaríamos tomar uma decisão para apostar em outros atletas”, declarou Oliveira.

O cartola também admitiu erros em algumas contratações, mas destacou o baixo orçamento que o clube possui neste ano. “A contratação de um jogador no Coritiba faz parte de um processo. Elas passam por um crivo, que é compartilhado. Nós tivemos uma boa margem de aproveitamento. Entendemos que o orçamento seria comprometido no início do ano, fizemos apostas com valores mais baixos e algumas não nos deram retorno técnico suficiente”, declarou Augusto de Oliveira.

Por outro lado, o clube espera oficializar a contratação de duas peças para a sequência da Série B. O lateral-esquerdo Romário, que estava no elenco do Ceará, foi descartado. Já o atacante Guilherme, que rescindiu com a Chapecoense, deve se apresentar nos próximos dias.

Com relação ao técnico Eduardo Baptista, o dirigente garantiu que o treinador segue prestigiado. “Falta entregarmos o resultado, as vitórias fora de casa e apresentações mais convincentes. Mas, o Eduardo tem toda a confiança da diretoria. Ele vive essa cobrança junto conosco. Vamos nos esforçar pro Eduardo ter mais tranquilidade”, frisou.

 

Sobre admin

Check Also

Ex-funcionário do Coritiba terá que pagar R$ 40 mil por vazar conversa do WhatsApp

O ex-funcionário do Coritiba, Bruno Kafka, foi condenado pela Justiça do Paraná a pagar R$ …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *