Pagina Inicial / Paraná Clube / Paraná Clube segue na maré de azar

Paraná Clube segue na maré de azar

Quando a maré não está pra peixe, não adianta. O Paraná Clube, em uma manhã inspirada de Richard, estava conseguindo segurar o ímpeto do Internacional, ávido pra assumir a liderança do Brasileirão com apoio de sua torcida. No entanto, como diz a máxima do futebol, o jogo só acaba quando termina. E foi aos 51 minutos de partida que, de tanto insistir, o Internacional decretou o 1×0, subiu para o topo da tabela e, de quebra, afundou ainda mais o Tricolor, que segue segurando a lanterna.
O gol veio numa cobrança de falta. Camilo chutou firme e a bola ainda bateu na trave antes de morrer no fundo das redes de Richard. Foi um verdadeiro castigo ao arqueiro, que foi o grande destaque tricolor no embate disputado no Beira-Rio.

Na estreia de Claudinei Oliveira na sua terceira passagem pelo comando técnico paranista, ele foi forçado a fazer algumas mudanças. Não bastassem as suspensões do zagueiro Cléber Reis e do volante Alex Santana, exemplo de raça no empate com o Botafogo na rodada anterior, o treinador também estava com dois jogadores importantes no departamento médico. Os meias Maicosuel e Nadson, que poderiam dar mais criatividade na armação de jogadas, fizeram falta.
Entretanto, mesmo desfalcado, o Tricolor começou o jogo segurando a pressão do Inter, que dominava as principais ações ofensivas. Na primeira etapa, a partida praticamente era jogada no lado em que o goleiro Richard fazia as vezes de “paredão”. Ele salvou a pátria tricolor em algumas oportunidades e, com a boa atuação, fez crescer a esperança de um empate fora de casa contra um grande time.

Foi só aos 42 minutos de jogo que o Tricolor chutou a primeira vez ao gol, numa cobrança de falta de Silvinho. No segundo tempo, o Tricolor melhorou e até criou boas oportunidades, mas o castigo veio já nos acréscimos. Camilo, que havia entrado na etapa final, de tanto insistir, acabou balançando as redes e decretando o 1×0.

Ao Paraná Clube, restou lamentar e começar a juntar os cacos para seguir na luta pra sair da incômoda última posição na tabela de classificação. Pela frente, nesta quarta-feira, o time tem pela frente ninguém menos que o São Paulo, na Vila Capanema. Para o compromisso, Oliveira terá a volta de Cléber Reis e Alex Santana. Em contrapartida, perde o lateral Igor, que tomou o terceiro amarelo, está fora do jogo. Já Maicosuel, com uma lesão na coxa, e Nadson, seguem no DM do Tricolor.

Sobre admin

Check Also

Faltou entrosamento pro Paraná Clube na estreia no Paranaense

Uma derrota decretada com um gol aos 41 minutos do segundo tempo fez com que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *