Pagina Inicial / Paraná Clube / Paraná Clube mantém confiança em permanência na elite

Paraná Clube mantém confiança em permanência na elite

A situação do Paraná Clube no Campeonato Brasileiro está cada vez mais complicada. Segundo o site Infobola, do matemático Tristão Garcia, o Tricolor tem apenas 1% de chances de escapar do rebaixamento à segunda divisão. Apesar da péssima fase e de todos os números que pesam contra o time paranista, o zagueiro Renê Santos mantém a esperança de que o clube pode se manter na elite do futebol brasileiro.
“A motivação é trabalhar cada dia mais. Enquanto tiver esse 1% de chances a gente vai lutar. Não vi ninguém ainda aqui falar que já era, que a gente vai disputar a Série B. Só escuto de que temos que nos juntar e nos abraçar cada vez mais. Lutar pelo Paraná, pela torcida, pela história do clube. Somente assim vamos conseguir resultados positivos”, disse o defensor.
Sem conseguir vencer há dez rodadas, o Paraná Clube terá agora dois jogos fora de casa para fazer, contra Grêmio e Atlético. Para Renê Santos, o time paranista terá que mudar a sua postura, especialmente no que se refere à vontade, para conseguir trazer bons resultados desses compromissos.
“A gente tem que ter mais vontade que os caras. A gente tem que bater mais que os caras, chegar mais forte que os caras. Consequência disso é que a bola vai começar a entrar. Enquanto não tiver isso, vamos trabalhar cada vez mais dentro de campo. É ter mais vontade que todos eles, já que estamos em último e temos que ter mais vontade que todos os clubes que vamos enfrentar”, encerrou o atleta.
Para sair dessa situação, o Tricolor terá que fazer algo inédito neste Brasileirão: vencer fora de casa. O Paraná Clube tem a pior campanha como visitante. Em 11 partidas, a equipe conseguiu apenas um ponto e isso explica um pouco a péssima campanha no Brasileirão.

Sobre admin

Check Also

Paraná Clube deve premiação a jogadores que conquistaram o acesso em 2017

A situação financeira do Paraná Clube parece ser mais grave do que aparenta. Atravessando dificuldades, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *