Pagina Inicial / Coritiba / Coritiba começa do zero outra vez na temporada

Coritiba começa do zero outra vez na temporada

Apresentado na última segunda-feira como novo técnico do Coritiba, Argel Fucks é o quarto comandante do time nesta temporada. Será, então, a quarta vez que o Verdão terá que recomeçar um trabalho do zero para tentar mudar seu rumo neste ano. Desta vez, o fator agravante é que faltam apenas 11 rodadas para o final da Série B do Campeonato Brasileiro e, assim, o novo comandante coxa-branca terá pouco tempo para conhecer melhor o elenco que tem em mãos e achar um time pelo menos próximo do ideal para ainda buscar o acesso à primeira divisão.
Apesar de toda a fragilidade técnica e tática demonstrada pelo Coritiba ao longo da Série B do Campeonato Brasileiro, o técnico Argel Fucks está contente com o elenco que tem em mãos. No entanto, o treinador, pelo menos nesses primeiros jogos, deve fazer alguns testes, já que tem mais de duas ou três opções para escalar o time coxa-branca na continuidade da segunda divisão.
“É só você olhar o grupo de jogadores. Você pode ter carência em alguma posição, mas é um elenco homogêneo. Temos duas três opções para cada posição. Isso que me faz acreditar. Poucos times têm qualidade como temos de camisa 9, camisa 10. Poucas equipes da Série B tem o luxo de ter nomes como Alecsandro, Bruno Moraes, Jonatas Belusso, Yan Sasse, Jean Carlos, Chiquinho”, apontou o confiante treinador alviverde.
Talvez por conta desse excesso de opções é que o técnico Tcheco, que voltar a ser auxiliar da comissão permanente do Coritiba, utilizou tantos jogadores nessas sete partidas em que comandou o time coxa-branca na competição nacional. Foram nada menos do que 28 atletas utilizados, sendo apenas o goleiro Wilson e o zagueiro Thalisson Kelven titulares em todas as partidas neste período.
O presidente Samir Namur explicou as constantes mudanças no comando técnico do Coritiba e que comprovam a falta de norte e de um perfil definido da diretoria na busca por um treinador. “A expectativa e a intenção era ter o mesmo técnico o ano inteiro. Não falamos só por falar, mas vários motivos impossibilitaram isso. Ainda que não acontecido nenhuma catástrofe interna, o momento se aproxima muito disso”, contou o cartola.
Já para o duelo desta sexta-feira diante do CRB, em Maceió, o treinador sinalizou fazer algumas mudanças no Coritiba para reencontrar o caminho das vitórias. Pelo menos no discurso, Argel Fucks já sabe como fazer o Coxa mudar seu rumo na Série B para ainda sonhar com o acesso. O primeiro passo é dar sequência a uma equipe e achar o melhor sistema de acordo com as qualidades dos jogadores.
“Vamos buscar uma estratégia, um padrão tático e de jogo. Conheço a maior parte do grupo. Achar um time titular e procurar mexer o mínimo possível. A melhor defesa é o ataque. Se a bola está lá na frente, a defesa está respirando. Temos que trabalhar com diferentes estratégias para cada sistema funcionar. Gosto de jogar em vários sistemas. Temos que achar o melhor sistema respeitando as características dos atletas”, reforçou Fucks.
O Coritiba precisa de números expressivos a partir de agora para conseguir o acesso. Precisa conquistar nove vitórias nos últimos 11 jogos para não amargar mais um ano na Série B. “Tudo pode acontecer. Podemos sim ganhar sete, oito, nove partidas. O grupo não estava respondendo, mas pode passar a responder. É fundamental a equipe já dar uma resposta e ter atitude diferente”, arrematou o comandante coxa-branca.

Sobre admin

Check Also

Coritiba “soube sofrer” na vitória sobre o Botafogo-SP, dizem jogadores

A vitória do Coritiba por 1×0 em cima do Botafogo-SP foi construída com sabedoria, maturidade e superação, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *