Pagina Inicial / Paraná Clube / Paraná Clube é goleado e fica em situação desesperadora

Paraná Clube é goleado e fica em situação desesperadora

O martírio do Paraná Clube parece não ter fim. Na noite desta segunda-feira (08), o time perdeu mais um jogo no Campeonato Brasileiro. O Tricolor paranaense foi derrotado pelo Fluminense, em pleno Maracanã, no Rio de Janeiro, por 3×0. Agora já são dezessete derrotas em toda a competição. Afundado na lanterna com apenas 17 pontos somados em 28 rodadas, o Tricolor não tem perspectivas de reação no que diz respeito a sua colocação na tabela de classificação.

Assustado, apático e sem organização para segurar o adversário, o Tricolor teve como única missão apenas fazer o possível para que o Fluminense não aumentasse a goleada que se desenhava. O 4×0, por pior que fosse, poderia ter se transformado em um desastre total
O Paraná Clube até começou o jogo colocando pressão, com duas boas oportunidades logos nos minutos iniciais do jogo, mas sem ter um matador, deixou as chances escaparem. Ortigoza recebeu e fez um cruzamento rasteiro dentro da área, mas Deivid, no desespero, cometeu falta e não empurrou a bola para dentro. No minuto seguinte, novamente Deivid desperdiçou. O jogador pegou uma saída errada do goleiro Júlio César, mas chutou muito longe da meta.

Aos 27 minutos, depois de um recuo de bola para Richard, o goleiro chutou e qualquer jeito e sentiu a virilha. Thiago Rodrigues já estava no aquecimento, mas após o atendimento médico, o arqueiro sinalizou que conseguiria permanecer em campo.

Aos 34, o tricolor carioca abriu o placar. Após bate-rebate, Marcos Júnior passa para Jadson, na esquerda. Sem nenhum marcação, o goleiro chuta com efeito e coloca a bola no canto esquerdo do goleiro paranista. O Paraná ficou visivelmente assustado com o gol sofrido e permitiu que os adversários povoassem a área de Richard.

O Flu ampliou aos 40, quando Richard, volante do Fluminense, chutou firme e a bola desviou em René Santos, deixando o goleiro paranista vendido. No finalzinho da primeira etapa, os donos da casa tiveram outras duas oportunidades claríssimas de gol, mas pararam nos milagres de Richard.

Na volta para a segunda etapa não deu nem tempo para o Paraná Clube esboçar uma reação. Aos 2 minutos, Jadson marcou seu segundo na partida. Com assistência de Everaldo, Jadson bateu firma, a bola bateu na trave esquerda e depois entrou, ampliando o placar.

Até o final da partida, o trabalho do Tricolor foi o de reunir forças e afastar de qualquer maneira qualquer perigo. Não foi possível aos 40, quando Luciano ajeitou dentro da área e chutou forte. Mas o que poderia ser uma goleada ainda mais vexatória, inacreditavelmente ficou “barato” com o placar em 4×0.

Ficha técnica
BRASILEIRÃO
2º Turno – 28ª Rodada

Fluminense 4×0 Paraná Clube
Fluminense
Júlio César; Léo, Ibañez (Paulo Ricardo), Gum, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Jadson e Marcos Júnior (Daniel); Everaldo (Marcos Calazans) e Luciano.
Técnico: Marcelo Oliveira
Paraná Clube
Richard; Leandro Vilela, Renê Santos, Jesiel e Mansur; Torito González (Jhony), Alex Santana, Deivid (Andrey) e Juninho (Caio Henrique); Silvinho e Ortigoza.
Técnico: Claudinei Oliveira
Local: Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP)
Gols: Jadson 34 e Richard 40 do 1º; Jadson 2 e Luciano 40 do 2º
Cartões amarelos: Léo (FLU); Mansur, Jhony (PR)
Renda: R$ 128.405,00
Público pagante: 6.223
Público total: 6.715

Sobre admin

Check Also

Guilherme Biteco critica erros internos no Paraná Clube e reconhece falhas

Diferenciado? Sim. 100%? Quase nunca. Essas foram as percepções da passagem de duas temporadas do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *