Pagina Inicial / Coritiba / Coritiba já começa a planejar em mais um ano na Segundona

Coritiba já começa a planejar em mais um ano na Segundona

Com mais uma atuação ruim e sem inspiração, o Coritiba perdeu para o Guarani por 2×0, na última rodada, no Couto Pereira, e deu adeus a qualquer possibilidade de voltar à primeira divisão ainda neste ano. Momento delicado e melancólico em um projeto fadado ao fracasso ainda no início da Série B do Campeonato Brasileiro. O clube, agora, terá que juntar os cacos, aprender com os erros e já planejar a próxima temporada. As dificuldades serão gigantescas, já que a diretoria, que já provou certa dificuldade no dia a dia do futebol, terá menos recursos para montar um time competitivo e capaz de conseguir o acesso à elite de 2020.

O problema do Coritiba não foi apenas a derrota sofrida para o Guarani, em pleno Couto Pereira, no último sábado. Foi, sim, a irregularidade que tomou conta do time durante toda a disputa da Série B do Brasileiro. Erros em contratações, constantes trocas de técnicos e a falta de convicção em escolher um comandante afundaram o Verdão na segunda divisão.

Sem pegada

Diante do Guarani, o Coritiba foi um time sem alma. Apesar de vários resultados terem contribuído para o clube seguir na busca pelo acesso nas quatro rodadas restantes, o time não entrou para jogar uma decisão. Marcou mal e pouco atacou o Bugre. Assim, a equipe de Campinas construiu a vitória sem dificuldades, com um gol marcado por Gabriel Poveda, no primeiro tempo, e por Jefferson Nem, na etapa final.

“Nós temos que reconhecer que não fizemos uma boa partida. O adversário foi melhor nos dois tempos e mereceu ganhar o jogo. Não tem muito o que falar, tem que reconhecer a superioridade do adversário. Demos oportunidade aos vários jogadores e vamos continuar dando. Temos que terminar o campeonato de forma digna e começar o planejamento de 2019, pensando no que vai acontecer lá frente, pois estamos fora da briga. Temos que nos reunir, conversar, pois é muito pouco para a grandeza deste clube”, avaliou o técnico Argel Fucks.

Esse planejamento para a próxima temporada dependerá de alguns aspectos. O primeiro deles é definir um comandante. O técnico Argel Fucks, que tem contrato com o Coritiba até o final da Série B, já demonstrou o interesse de seguir no Verdão e de, sobretudo, iniciar um trabalho do zero.

Ele gostaria de ter a oportunidade de escolher os jogadores que tenham o perfil que a segunda divisão exige. “A minha intenção é essa. Já comecei um trabalho no Vitória e no Figueirense e fui campeão. Essa é a realidade do futebol, começar uma temporada dentro do planejamento do clube. Claro que o meu interesse é ficar. Não vim para fazer três meses de campeonato e, sim, pra mostrar o trabalho. Tenho vontade de continuar e fazer parte do planejamento de 2019”, contou.A definição da continuidade do técnico Argel Fucks deve acontecer nesta semana, assim como o do diretor de futebol Paulo Pelaipe, que também tem seu contrato se encerrando no final deste ano. Também nos próximos dias, a diretoria do Coritiba deve tentar aumentar sua receita de televisão para a próxima temporada e ter, assim, mais condições de subir à primeira divisão. Depois que todos esses detalhes estiverem alinhados, será o momento de montar o elenco que vai defender o Coxa em 2019.

“A Série B é um campeonato muito mais difícil que a Série A. Você precisa montar um time com o perfil da Série B, um time competitivo. A partir deste momento, que a gente não tem mais chances matematicamente, a gente vai conversar e vai trabalhar”, concluiu o comandante alviverde.

Sobre admin

Check Also

Em noite de protestos, Coritiba vence o Goiás e ajuda o Londrina

Foi uma noite bem diferente do normal no Couto Pereira. Reclamações, protestos, cartazes, faixas, silêncio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *