Pagina Inicial / Coritiba / Protestos e Couto pichado. Clima no Coritiba fica tenso após nova derrota

Protestos e Couto pichado. Clima no Coritiba fica tenso após nova derrota

O clima no Coritiba ficou tenso depois da derrota sofrida para o Guarani por 2×0, na noite do último sábado (3), no Couto Pereira, resultado que acabou com qualquer chance de acesso à primeira divisão. A torcida protestou contra a péssima campanha do Verdão na disputa da Série Be pichou os muros do estádio, pedindo a saída do presidente Samir Namur.

A frase pichada “Fora Samir” retrata bem o clima entre torcedores e clube nesta temporada. Os sucessivos erros da diretoria culminaram com a permanência na segunda divisão por mais um ano. Para o zagueiro Thalisson Kelvin, os coxas-brancas está no direito de cobrar, mas sem destruir o patrimônio.

“O clima fica tenso, a gente fica triste. A gente sabe que a torcida está triste, desacreditada. Não é uma forma certa destruir o patrimônio do clube, não vai fazer com que as coisas voltem atrás. Mas a torcida está cobrando, sim. É ter a ciência e a humildade de escutar nesse momento”, declarou o defensor, que deve ganhar de novo uma chance como titular diante do São Bento, nesta terça-feira (6), às 20h30, em Sorocaba.“O torcedor tem toda razão. Eles estão no direito deles. Não fizemos um bom jogo contra o Guarani, não atingimos o objetivo principal. Eles tem o direito de cobrar e fazer o que fizeram”, acrescentou o atacante Guilherme Parede.

O artilheiro alviverde no ano, inclusive, visivelmente abatido com a situação do Coxa na Série B, retorna ao time cdepois de cumprir suspensão contra o Bugre. Mesmo sem chances de acesso e do desanimo que toma conta do Verdão nesta reta final de segunda divisão, o camisa 77 quer terminar a competição nacional com dignidade e somando o máximo de pontos possíveis.“Não tem o que fazer. Temos que conquistar o máximo de pontos possíveis agora e tentar vencer esses jogos. Como o Argel (Fucks, técnico) disse, é terminar o ano com dignidade. O clube merece e a torcida também merece”, arrematou Parede.

Sobre admin

Check Also

Em noite de protestos, Coritiba vence o Goiás e ajuda o Londrina

Foi uma noite bem diferente do normal no Couto Pereira. Reclamações, protestos, cartazes, faixas, silêncio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *