Pagina Inicial / Paraná Clube / Jhonny Lucas é a salvação das contas do Paraná Clube

Jhonny Lucas é a salvação das contas do Paraná Clube

Se o ano do Paraná Clube foi trágico, ao menos terminou com ares de esperança. Nem que seja financeira. Quem fechou o traumático 2018 do Tricolor foi Jhonny Lucas, que marcou o gol de empate em 1×1 com o Internacional, no último domingo (02), encerrando a participação do time na Série A. Cria do próprio clube, o jogador de 18 anos, que disputou 26 jogos e marcou dois gols em 2018, gera uma grande expectativa para o futuro do Paraná, seja por poder chegar ao auge do seu futebol e ajudar o time em 2019, ou, principalmente, porque há muita chance de que ele seja vendido e renda uma boa quantia aos cofres paranistas.

Jhonny começou no clube com apenas 6 anos, quando iniciou jogando nas quadras de futsal da Sede da Keneddy. Aos 11, passou a treinar nas categorias de base do futebol, mas ainda se dividia com os treinos de salão. Com 15, optou por seguir somente nos gramados. Fez sua primeira partida no profissional em 2017, na Série B, na vitória paranista em cima do Náutico.eCoincidentemente, também foi do volante o primeiro gol do Tricolor no Campeonato Brasileiro deste ano. Na ocasião, a equipe foi derrotada por 2×1 pelo Sport e Jhonny também assinalou pela primeira vez como profissional.

Dono da camisa 10 do Paraná Clube nas últimas rodadas do Brasileirão, o atleta foi convocado em três oportunidades, neste ano, para a Seleção Brasileira sub-20. Em setembro, foi chamado por Tite para treinar na seleção principal na Arábia Saudita, na preparação para os amistosos com os donos da casa e a Argentina, disputados em outubro.aJhonny tem sido sondado por times do futebol brasileiro e europeu. O Atlético-MG fez uma proposta ao Paraná na primeira metade do ano, mas o clube recusou, entendendo que ele poderia render mais cifras em um futuro próximo. O Arsenal está monitorando o volante há alguns meses. A sondagem do clube inglês rendeu uma carta de intenções à diretoria, num valor estimado de 12 milhões de euros. Outros clubes que também são possíveis interessados pelo passe da ‘joia‘ paranista são o Monaco, da França, e o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

O técnico Dado Cavalcanti, contratado na reta final do Campeonato Brasileiro já com o objetivo de montar o time ideal para 2019, sabe da possibilidade de perder o ‘prata da casa‘.

Jhonny Lucas fez o primeiro e o último gol do Paraná no Brasileirão. Foto: Jonathan Campos.

Jhonny Lucas fez o primeiro e o último gol do Paraná no Brasileirão.

“A minha conversa com a diretoria vem sendo muito próxima em relação à montagem do grupo. Ele fez um grande jogo e um gol. Isso traz uma valorização, mas não dá para adiantar muita coisa. Está em aberto e vamos esperar”, explicou.

Como o Tricolor vê em Jhonny uma chance de colocar dinheiro em caixa, a possibilidade de que ele deixe o Ninho da Gralha é alta.

“O Jhonny ganhou um destaque nacional. É um jogador que já vinha sendo observado e aquela convocação trouxe a pergunta para o Brasil todo de quem é o Jhonny Lucas. Então a gente entende que ele seja um dos grandes ativos do clube e como treinador sei que posso perdê-lo para a próxima temporada”, finalizou o comandante.

Sobre admin

Check Also

Guilherme Biteco e Vinicius Kiss vão jogar no São Caetano

Sem terem conseguido emplacar um bom futebol em 2018, o meia Guilherme Biteco e o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *