Pagina Inicial / Coritiba / Coritiba passa a guilhotina em seu elenco para 2019

Coritiba passa a guilhotina em seu elenco para 2019

A bola nem rolou ainda em 2019, mas o torcedor do Coritiba  verá um time muito diferente em campo já no primeiro jogo do clube neste ano, no próximo dia 20, diante do Foz do Iguaçu, fora de casa, na largada do Campeonato Paranaense. A diretoria, desde o final do ano passado, está usando a guilhotina para remontar o elenco e, sobretudo, aliviar um pouco da folha de pagamento em um ano que a dificuldade financeira será uma realidade constante no dia a dia do Verdão. Ao todo, quase 20 jogadores já deixaram o Coritiba com relação ao time que, em 2018, fracassou na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. A maioria deles tinha salários altos e, por isso, a cúpula decidiu não renovar os contratos ou negociar os atletas que possuíam vínculo, mas que não faziam parte dos planos da comissão técnica.+

Esses foram os casos do volante Simião, do volante Julio Rusch, do meia Yan Sasse, e dos atacantes Jonatas Belusso e Guilherme. Todos eles não fizeram uma boa temporada em 2018 e, por isso e também por conta dos custos, a diretoria do Coritiba decidiu negociar esses atletas com outros clubes. Além deles, o atacante Guilherme Parede, emprestado ao Internacional, ainda rendeu R$ 1,5 milhão aos cofres do Coritiba.

Antes de definir as saídas desses jogadores, a diretoria do Coxa já havia definido que 13 atletas que tinham seus contratos se encerrando ao final de 2018 não continuariam. O goleiro Samuel, os laterais Leandro Silva e Abner, os volantes Escobar, Uillian Correia e Vinicius Kiss, os meias Alisson Farias, Chiquinho e Jean Carlos e os atacantes Pablo, Alvarenga, Alecsandro e Bruno Moraes puxaram a fila da reformulação que o elenco coxa-branca está passando para a temporada de 2019.

Simião e Alecsandro também já "vazaram". Foto: Albari Rosa.

Simião e Alecsandro também já “vazaram”.

Dispensas e saídas que justificam um pouco o péssimo ano em campo do Coritiba na temporada de 2018. Com isso, a diretoria está conseguindo um fôlego financeiro para conseguir trazer novas contratações que possam ajudar o clube nos seus objetivos em 2019. Entre eles estão o título do Campeonato Paranaense, chegar o mais longe possível na Copa do Brasil e, sobretudo, conseguir retornar à primeira divisão na disputa da Série B.

Os novos reforços serão apresentados nesta segunda-feira (7) à imprensa. Nomes interessantes surgiram como especulações nas últimas semanas e podem ser confirmados durante o Media Day. Será o primeiro contato da imprensa com o elenco. Nomes como do zagueiro Eduardo Brock, do volante João Victor, ex-Ponte Preta, do meia Giovanni Augusto, ex-Corinthians, e dos atacantes Wanderley e Rodrigão, devem reforçar o time.+

Os desafios para a diretoria neste ano serão gigantes. Especialmente pela queda de orçamento. Atualmente, a cúpula coxa-branca trabalha com R$ 46 milhões para a temporada, ou seja, R$ 40 milhões a menos do que em 2018. O clube, nos bastidores, busca novas receitas e está contando com a ajuda importante do ex-presidente Vilson Ribeiro de Andrade para aumentar suas condições para formar um time competitivo nesta temporada para conseguir devolver o clube de novo à elite do futebol brasileiro.

Sobre admin

Check Also

Coritiba tem a melhor média de público da Série B de 2019

Se dentro de campo o Coritiba vem patinando e ainda não conseguiu manter uma regularidade, fora …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *