Pagina Inicial / Paraná Clube / Paraná “esquece” Estadual e pensa na largada da Copa do Brasil

Paraná “esquece” Estadual e pensa na largada da Copa do Brasil

Com chances remotas de chegar à semifinal da Taça Barcímio Sicupira, o Paraná Clube passa sua atenção da primeira fase do Campeonato Paranaense para a Copa do Brasil. O time paranaense estreia na competição amanhã, às 21h30, no Batistão, em Aracaju, diante do Itabaiana.

O início na temporada não é promissor, já que o Tricolor ocupa a quinta posição do Grupo B do Estadual e precisa de uma série de combinações para chegar na fase mata-mata. Foram cinco jogos, com uma vitória, três empates e uma derrota. Mesmo sem o resultado esperado até aqui, o técnico Dado Cavalcanti tem visto melhora no desempenho da equipe e sabe da necessidade de classificar o time no torneio nacional.

“Eu visualizo demais essa evolução e espero que isso traga o que nós esperamos. Vejo um time mais maduro e com opções. Temos que mudar a chave e quarta-feira só dependemos de nós. É uma competição que o Paraná planeja passar e tem importância financeira para o clube”, avaliou.

Pela participação na primeira fase, o Paraná vai receber R$ 525 mil e ganha mais R$ 625 mil se avançar diante do adversário sergipano. Caso tivesse se mantido na Série A, os valores seriam R$ 920 mil pela primeira fase e R$ 990 mil pela segunda. Para contar com essa ajuda extra nos cofres, o clube precisa voltar de Sergipe com um empate ou uma vitória. A derrota elimina o Tricolor por se tratar de jogo único. Se passar para a segunda fase, o adversário sai do confronto entre Americano-RJ e Londrina.

No ano passado, a equipe paranista passou sufoco e eliminou o URT-MG nos acréscimos ao empatar por 1×1. Na fase seguinte, entretanto, a eliminação precoce veio para o Sampaio Corrêa em derrota por 1×0. Já em 2017, no ano do acesso, o time fez ótima campanha e caiu para o Atlético-MG nas oitavas de finais.

Semana decisiva

As partidas de quarta-feira (Itabaiana) e domingo (Londrina) são determinantes para as projeções do Paraná. Caso seja eliminado no meio da semana e não avance para as semifinais do Estadual, esse caso com chances mínimas, já que precisa vencer fora de casa e torcer por uma série de combinações, o clube pode ficar sem jogar por 30 dias.

A segunda fase do torneio nacional tem as datas reservadas para os dias 20 de fevereiro, 27 de fevereiro e 6 de março. Já a Taça Dirceu Kruger, o segundo turno do Campeonato Paranaense, começa no dia 10 de março.

Sobre admin

Check Also

Líder de assistências do Paraná Clube, Guilherme Santos vem sendo decisivo

Titular do Paraná Clube  nas últimas partidas, o lateral-esquerdo Guilherme Santos espera contribuir para o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *