Pagina Inicial / Paraná Clube / Paraná duvida que TJD tire os pontos do jogo com o FC Cascavel

Paraná duvida que TJD tire os pontos do jogo com o FC Cascavel

O Paraná Clube não teme perder os três pontos conquistados em cima do FC Cascavel na última rodada do Campeonato Paranaense. O Tricolor venceu por 2×1 no sábado (9), na estreia da Taça Dirceu Krüger, porém o time do interior do Estado solicitou que o resultado não fosse validado com diversos argumentos, entre eles, a falta de ‘fair play‘ no lance do último gol do Paraná. O pedido para julgamento do caso foi acatado nesta terça-feira (12), pelo presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR), Adelson Batista de Souza, mas o departamento jurídico paranista trabalha com a certeza de que não haverá prejuízo ao time da capital.+O Tricolor foi informado do trâmite por meio de uma intimação do TJD-PR, recebida com surpresa. O Paraná Clube tem até esta quinta-feira (14) para se manifestar sobre o pedido e o advogado do time, Alessandro Kishino, garantiu que já está elaborando a petição a ser protocolada.+

“Estamos bastante tranquilos, pois no pedido do FC Cascavel não há nenhum argumento jurídico que possa ensejar a alteração do resultado, que é a pretensão desta impugnação”, explicou.

Kishino alerta que os pontos não foram retirados do Paraná Clube, pois na realidade eles sequer foram homologados até o momento.+

‘Tecnicamente falando não houve nenhuma decisão. O presidente do TJD-PR apenas recebeu o pedido de impugnação e seguiu os trâmites do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que exigem que a Federação Paranaense de Futebol seja comunicada para não homologar o resultado do jogo‘, esclareceu o advogado que não acredita em um resultado favorável ao FC Cascavel.

“O Paraná Clube entende que a ação é uma verdadeira aventura jurídica e o pedido deveria ter sido rejeitado liminarmente pelo Presidente do TJD-PR”, arrematou o porta-voz.

Sobre admin

Check Also

Torcida do Paraná fica com o pé atrás

O time que parecia estar engrenando voltou, ao que parece, à estaca zero. O Paraná …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *