Pagina Inicial / Atlético Paranaense / Athletico goleia o Maringá e lidera no Paranaense

Athletico goleia o Maringá e lidera no Paranaense

O Athletico emplacou duas vitórias seguidas pela primeira vez neste Campeonato Paranaense. O Furacão provou que está vivendo uma nova fase no Estadual e, na tarde deste domingo (17), venceu o Maringá por 4×0, no Willie Davids, chegou aos seis pontos e assumiu a liderança isolada do grupo A da Taça Dirceu Krüger. Com seis pontos em dois jogos, o time atleticano pode encaminhar sua classificação nesta quarta-feira (20), caso vença o Operário, às 21h30, na Arena da Baixada.+Maringá e Athletico entraram em campo em momentos distintos e que refletiram diretamente no resultado do jogo. Enquanto o time da casa veio pressionado por ter perdido para o Foz, lanterna do Estadual, o Furacão chegou para a partida depois de golear o Toledo por 8×2, na semana passada. A chuva forte que caiu minutos antes de a bola rolar dificultou o jogo dos dois times. O Maringá até começou bem, especialmente no setor defensivo, mas acabou oscilando demais no primeiro tempo.

O Maringá, na verdade, até conseguiu marcar bem o Athletico, mas falhou em lances cruciais. O primeiro erro veio aos 15 minutos. Bergson passou fácil por Jean Neves, cruzou e Júnior Prego, todo atrapalhado, tentou cortar e mandou contra o próprio gol. Era tudo o que o time atleticano queria para começar a ter o jogo de transição e de velocidade por conta dos espaços cedidos pela equipe maringaense.

Mas o Athletico, na verdade, não fazia uma boa partida. O Maringá, então, passou a assustar nas bolas paradas. Aos 36 minutos, depois que Thiago Orobó cabeceou na trave, Bravo até chegou a marcar, mas estava impedido e o gol foi anulado. Na sequência, foi a vez de Alex Fraga, de cabeça, assustar o goleiro Léo.

O Athetico, no entanto, mesmo sem jogar bem, foi letal e objetivo nas chances que conseguiu criar. Aos 40, Willian Leandro errou na saída de bola, a bola ficou dividida e chegou até Bergson, que livre na área bateu sem chances para Vitor Golas e ampliou a vantagem ainda no primeiro tempo.

O Maringá, no segundo tempo, abandonou de vez a postura mais defensiva. O resultado quase veio no primeiro tempo, com Thiago Orobó, mas o camisa 9, depois de fazer o giro na área, errou o alvo. O Athletico, com boa vantagem, tinha agora os contra-ataques e passou a criar seguidas chances de ampliar a vantagem. O Furacão, na verdade, passou a estar mais perto do terceiro, do que o Maringá de fazer o primeiro.

O atacante Bergson, na busca pela artilharia, poderia ter marcado mais um aos 14, mas errou a cabeçada depois do cruzamento de Jáderson. O camisa 9, minutos depois, teve outra chance, desta vez na chegada de Khellven, mas, livre na área, errou o alvo novamente. Persistente, o centroavante atleticano fez seu segundo gol e o terceiro do Athletico aos 26 minutos. Na primeira jogada depois que entrou no lugar de Jáderson, Bill sofreu pênalti de Marcelo Xavier. Bergson cobrou bem e fez mais um.

O jogo, então, ficou aberto de vez e cheio de alternativas, especialmente para o Athletico. O Furacão passou a impor seu ritmo e a criar chances para ampliar o marcador. E ampliou aos 43 minutos com Matheus Anjos, em jogada de Bergson. O Maringá, sem poder de reação e entregue em campo, não teve forças para reagir e evitar a segunda vitória seguida do Rubro-Negro no segundo turno do Campeonato Paranaense.

Ficha técnica

PARANAENSE
Taça Dirceu Krüger – 2ª Rodada

Maringá 0x4 Athletico

Maringá
Victor Golas; Jean Neves, Alex Fraga, Marcelo Xavier e Junior Prego; Gustavo Silva (Dandan), Willian Leandro (Geovani) e Rogerinho; Bravo, Welton Paraguá (Sillas) e Tiago Orobó.
Técnico: Antônio Picoli

Athletico
Léo; Zé Ivaldo, Lucas Halter e Eder; Khellven (Bruno Rodrigues), Erick, Cristian, Marquinho (Matheus Anjos) e Vitinho; Jáderson (Bill) e Bergson.
Técnico: Rafael Guanaes

Local: Willie Davids (Maringá)
Árbitro: Rogério Menon da Silva
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos e Alexandre Cavalcanti de Souza
Gols: Junior Prego (contra) 15, Bergson 40 do 1º e 26 do 2º e Matheus Anjos 43 do 2º
Cartões amarelos: Marcelo Xavier, Sillas (MAR); Marquinho, Eder, Lucas Halter (CAP)
Público pagante: 2.101
Público total: 2.330
Renda: R$ 49.867,00

Sobre admin

Check Also

Empresário quer colocar Renan Lodi na seleção da Itália

A briga entre o Athletico e CBF motivada pela situação de Renan Lodi na seleção olímpica segue …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *