Pagina Inicial / Paraná Clube / Paraná Clube tem carências evidentes e diretoria corre para reforçar elenco

Paraná Clube tem carências evidentes e diretoria corre para reforçar elenco

A diretoria do Paraná Clube garantiu que não vai fazer loucuras financeiras para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. No entanto, com diversas carências no atual elenco, será preciso que a cúpula Tricolor seja assertiva. Apenas quatro ou cinco jogadores chegarão para a Segundona e, por isso, existe a possibilidade de que algumas carências continuem a ser vistas no time.

Nos três terços de campo, o elenco tricolor de 2019 não convenceu. Não emplacou em termos de resultados e também no gosto dos torcedores até o momento. Vale destacar que o time conta com 32 atletas atualmente no elenco, mas a quantidade não foi suficiente para melhorar a qualidade do futebol apresentado dentro das quatro linhas.

No início de abril, o executivo de futebol do Tricolor, Mário Mazzuco, admitiu as falhas em algumas contratações na temporada e contratações pontuais para a sequência da competição. “Vamos buscar peças pontuais que estejam dentro da nossa realidade. Dentro do que podemos, vamos buscar esses atletas que possam nos agregar”, comentou, sem dar detalhes sobre quais seriam as posições a serem priorizadas. As aquisições vão depender dos pedidos do técnico Matheus Costa.

Um novo atleta já desembarcou na Vila Capanema após a declaração do executivo. O atacante Ramon, de 28 anos, vindo do Ituano, é o primeiro reforço da equipe para a Série B e chegou na última semana ao clube.+

Em relação aos outros atletas que devem ser contratados, a diretoria está aguardando os pedidos de Costa, que ainda avalia o elenco que tem em mãos. No entanto, devido ao desempenho do time na primeira parte da temporada, uma coisa é certa: podem chegar reforços pro time da defesa ao ataque.

Na zaga, por exemplo, foram testadas quatro opções, mas apenas Rodolfo teve destaque na função. Porém, curiosamente, o jogador estava sendo deixado de lado pelo técnico Dado Cavalcanti nas últimas partidas do time. Matheus Lopes não fez nenhuma partida por estar no departamento médico desde sua contratação, mas já está treinando com a equipe e pode ser uma novidade no time tricolor. Apesar disso, acredita-se que o time ainda precise de pelo menos um homem para a função.+

Mesmo com sete volantes no plantel, o Tricolor não tem todos à disposição, o que pode forçar a chegada de mais um. Alejandro Márquez, Kadu, Itaqui, Jeferson Lima, Jhonny Lucas e Luiz Otávio são os jogadores de contenção, mas Jhonny Lucas e Alejandro Márquez estão no departamento médico.

A meia cancha, que também tem baixas, deve ser turbinada. Hoje, o Paraná conta com Alesson, Fernando Neto, Gabriel Pires, Higor Leite, Jean Lucas, Jhemerson e Maicosuel para o setor e os dois últimos estão no DM. Desses, os que mais jogaram até o momento foram Alesson, com 13 partidas, e Higor Leite, com 12. Jean Lucas e Gabriel Pires atuaram poucas vezes e não emplacaram uma sequência.

No ataque, o time conta com seis opções, mas ainda que tenha encontrado em Jenison o seu centroavante matador, precisa definir os titulares nas pontas. Além do goleador, Andrey, Caio Rangel, Keslley, Ramon e Rodrigo Carioca fazem parte da linha de frente paranista. Andrey e Keslley, atletas da base e remanescentes da temporada 2018, começaram o ano na titularidade, mas ainda não se firmaram na equipe. Em contrapartida, Jenison tem oito gols em 13 jogos e é o artilheiro do time.

Sobre admin

Check Also

Matheus Costa vê Paraná no caminho certo após vitória suada em Pelotas

A vitória do Paraná Clube por 1×0 em cima do Brasil de Pelotas, na última quinta-feira (18), …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *