Pagina Inicial / Paraná Clube / Paraná Clube muda do “vinho pra água” na Série B

Paraná Clube muda do “vinho pra água” na Série B

O Paraná Clube está vivendo seu momento mais delicado na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Sensação da segunda divisão até três rodadas atrás, quando conseguiu emplacar cinco vitórias seguidas, o Tricolor está oscilando e as atuações ruins colocaram em xeque a busca do time pelo acesso à primeira divisão. A mudança do momento começa a pressionar um pouco mais a equipe comandada pelo técnico Matheus Costa para a sequência da competição nacional.

Se nas cinco vitórias seguidas que conseguiu recentemente o Paraná era um time confiante e tinha apresentações sólidas, agora, o momento ruim parece ter abatido a equipe. O reflexo disso foi no empate sem gols diante do América-MG, lanterna da Série B, em plena Vila Capanema, no último sábado.

O Paraná, com a chance de voltar ao G4, não conseguiu se impor. Foi, inclusive, dominado pelo Coelho no primeiro tempo e só não foi para o intervalo perdendo pela falta de competência do time mineiro nas chances criadas. Saiu no lucro pela penalidade clara não marcada a favor do adversário já nos acréscimos do jogo.

Essa falta de vitórias nas três últimas rodadas abalou um pouco o time, segundo o zagueiro Eduardo Bauermann. O defensor, no entanto, espera que o Paraná possa retomar seu bom momento para seguir lutando pelo acesso à primeira divisão. “É difícil falar. Claro que dá uma abalada. A gente vinha de uma sequência muito boa. É continuar trabalhando. Temos mais um jogo difícil pela frente contra o Vitória. Temos qualidade e temos que caprichar mais nas chances criadas para sair com um bom resultado”, comentou o defensor.

Pior do que os resultados, o Paraná, nas últimas partidas, viu seu rendimento cair drasticamente. Diante do Sport, teve raros bons momentos e amargou a primeira derrota na Vila Capanema nesta Série B. Depois, na goleada sofrida por 3×0 para o Londrina, no Estádio do Café, o Tricolor foi presa fácil para o Tubarão e pouco fez para conseguir um resultado melhor no Norte do Estado.

No empate em 0x0 diante do América-MG, na Vila Capanema, as fragilidades do time ficaram evidentes. O Paraná não conseguiu se impor em nenhum momento da partida. Pouco criou e, por isso, somou sua terceira partida sem marcar gols na segunda divisão. Isso explica um pouco a falta de melhores resultados na Segundona.

“Não sei dizer o que está acontecendo. Estamos criando muito pouco. Sofrendo dentro de casa. É inadmissível. O torcedor tem razão de cobrar, mas não é o fim do mundo. Quando ganhamos cinco seguidas, todos apoiavam. A gente não vem fazendo grandes jogos. É trabalhar para conseguir os três pontos contra o Vitória. Estamos todos incomodados com essa situação”, reclamou o meia João Pedro.

O Paraná, agora, terá que mostrar sua capacidade para dar a volta por cima e retomar seu rumo na Série B. Críticas e cobranças do torcedor terão que ser deixadas de lado para que o time possa voltar a vencer diante do Rurbo-Negro baiano, vice-lanterna da Segundona, neste sábado, em Salvador.

Sobre admin

Check Also

Ataque do Paraná Clube vem deixando a desejar na Vila Capanema

O empate sem gols diante do América-MG, lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro, no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *