Pagina Inicial / Coritiba / Coritiba perde de virada pro Londrina e amarga jejum na Série B

Coritiba perde de virada pro Londrina e amarga jejum na Série B

O Coritiba desperdiçou uma grande oportunidade de voltar a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. Depois de sair na frente e de jogar quase todo o segundo tempo com um homem a mais, o Coxa cedeu a virada em 2×1 para o Londrina, na manhã deste sábado (14), no Estádio do Café, permaneceu com 34 pontos e pode sair do G4 ao final da rodada. Já há cinco rodadas sem ganhar, o Verdão vai tentar reencontrar o caminho das vitórias no sábado que vem, dia 21, diante do CRB, no Couto Pereira.

Mesmo com vários desfalques, o Coritiba não mudou seu jeito de jogar. Mas os toques curtos na saída de bola no gramado irregular do Estádio do Café complicaram o início de jogo do Coxa. Aos dois minutos, Vitor Carvalho perdeu a bola, Higor Leite tentou e Anderson Leite quase marcou no rebote. Na sequência, foi a vez de Luidy assustar em chute de fora da área.
O Londrina, sem vencer há oito rodadas, seguiu jogando de forma intensa e dificultando as ações do Coritiba. Só que o time coxa-branca, na sua primeira chegada ao ataque, foi eficiente e abriu o placar. Aos 13 minutos, William Matheus cobrou falta na cabeça de Igor Jesus, que subiu livre e mandou sem chances para o goleiro César.

O Tubarão sentiu o gol e o Coritiba conseguiu ficar mais com a bola. Só que, apesar da boa partida de Rafinha, faltava criatividade no meio de campo. Igor Jesus, que fez um bom jogo, ficava muito isolado no meio dos defensores londrinenses. O segundo gol alviverde, então, quase saiu aos 19 minutos. Juan Alano tabelou com Igor Jesus, entrou na área e, ao invés de chutar, preferiu cavar a penalidade, que não aconteceu.

Igor Jesus deixou a sua marca. Foto: Diego Marinelli/Coritiba.
Igor Jesus deixou a sua marca, mas não conseguiu evitar tropeço. Foto: Diego Marinelli/Coritiba.
Já sem conseguir atuar na mesma intensidade, o Londrina até seguiu mais com a bola. Rondava a área do Coritiba, mas não tinha muita objetividade. Depois da parada técnica, o Tubarão chegou perto do empate, sempre com Luidy. O atacante londrinense, da entrada da área, bateu colocado e Alex Muralha fez boa defesa. O Coxa, mais tranquilo com a vantagem, tinha mais espaços para atacar, mas não conseguiu aproveitar para ampliar no primeiro tempo.

O Coritiba voltou melhor do intervalo. Adiantou a marcação para forçar os erros do Londrina. Foi o que aconteceu. O Tubarão não conseguia sair da boa postura defensiva do time coxa-branca e errava muitos passes. O segundo gol quase veio aos oito minutos. Depois da boa jogada de Rafinha e Giovanni, Diogo Mateus cruzou e William Matheus quase marcou de cabeça.

A situação do Coritiba ficou ainda melhor aos 16 minutos, quando o zagueiro Lucas Costa foi expulso depois de tomar dois cartões amarelos. Assim, o técnico Claudio Tencati recompôs a defesa com a entrada do zagueiro Wallace na vaga do atacante Victor Daniel. O time coxa-branca, que já tinha mais posse de bola, conseguiu ter o domínio da partida. Aos 21, em outra boa jogada de Rafinha, Thiago Lopes chegou livre para marcar, mas errou o alvo.

O Londrina, em desvantagem, não se entregou e, mesmo com as dificuldades, seguiu buscando o empate. Higor Leite, depois da falha da defesa alviverde, quase marcou. Desgastado, Rafinha, melhor em campo, deu vaga para Wellissol. O Coritiba, então, ganhou mais força para os contra-ataques. Só que mesmo com um jogador a mais, o Coritiba priorizava a posse de bola e deu espaços para o Londrina atacar. Assim, o empate veio aos 32 minutos. Vitor Carvalho, pior em campo, errou. Anderson Leite roubou, saiu na cara do gol e empatou a partida. O gol veio como um balde d’água fria para o time alviverde, que acusou o golpe e não tinha forças para atacar.

O técnico Umberto Louzer, então, buscou ganhar mais força ofensiva com as entradas dos atacantes Wanderley e Iago Dias nas vagas de Giovanni e Thiago Lopes. Mas as alterações não deram resultado e a situação ficou ainda pior. Já nos acréscimos, Thalisson Kelven falhou feio e Léo Passos, na cara do gol, bateu sem chances para Muralha e decretou a virada no Estádio do Café.

Ficha técnica
SÉRIE B
2° Turno – 22ª Rodada

LONDRINA 2X1 CORITIBA

Londrina
César; Alemão, Lucas Costa, Léo Rigo e Juninho; Germano, Anderson Leite e Higor Leite; Victor Daniel (Wallace), Júnior Pirambu (Léo Passos) e Luidy (Matheuzinho).
Técnico: Claudio Tencati

Coritiba
Alex Muralha; Diogo Mateus, Rafael Lima, Thalisson Kelven e William Matheus; Vitor Carvalho, Juan Alano, Giovanni (Wanderley), Thiago Lopes (Iago Dias) e Rafinha (Wellissol); Igor Jesus.
Técnico: Umberto Louzer

Local: Estádio do Café (Londrina)
Árbitro: José Mendonça da Silva Junior (PR)
Assistentes: Jefferson Cleiton Piva da Silva (PR) e João Fábio Machado Brischiliari (PR)
Gols: Igor Jesus, 13 do 1º; Anderson Leite, 32 do 2º, Léo Passos aos 46′ do 2ºT;
Cartões amarelos: Lucas Costa (LEC); Igor Jesus, Rafinha, Juan Alano (COR)
Cartão vermelho: Lucas Costa (LEC)
Renda: R$ 42.710,00
Público pagante: 3.921
Público total: 4.491

Sobre admin

Check Also

Jorginho coloca Rodrigão no banco do Coritiba pra tirá-lo da “zona de conforto”

Considerado titular absoluto do Coritiba, o atacante Rodrigão, vice-artilheiro da Série B do Campeonato Brasileiro, com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *