Pagina Inicial / Paraná Clube / Paraná Clube terá em novembro dias que podem selar seu futuro

Paraná Clube terá em novembro dias que podem selar seu futuro

Falta apenas um mês para o final da Série B do Campeonato Brasileiro. Serão seis decisões que o Paraná Clube terá pela frente para definir seu futuro. Sem dúvidas, o mês mais importante da história recente do time paranista. Voltar à Série A depois de um ano na Segundona, além de acalmar o torcedor, será fundamental também para as finanças do clube, que, nos bastidores, tem o trabalho árduo de se reestruturar para evitar problemas recorrentes das últimas temporadas.

Quando saiu da fila em 2017 e conseguiu voltar a jogar a elite do futebol brasileiro no ano passado, o Tricolor viu seus cofres engordarem. Pagou parte das suas dívidas, estruturou seu centro de treinamentos, em Quatro Barras, mas não conseguiu fazer o investimento necessário no futebol. Fez, então, uma campanha pífia no Brasileirão e, neste mesmo período do ano passado, já estava praticamente com seu rebaixamento decretado.

Neste ano, os problemas financeiros voltaram a aparecer. Assim, o Paraná Clube chega para o último mês da Série B aos trancos e barrancos. Até anunciou dois novos patrocinadores no começo dessa semana, mas os salários seguem atrasados. Já são dois meses de débitos, o elenco tem protestado, não dá entrevista há três jogos e ainda não há previsão para o pagamento dessa dívida.

Talvez por isso esses próximos 30 dias sejam tão importantes e decisivos. As chances de acesso não são muitas, segundo os matemáticos, mas um possível retorno à primeira divisão poderia ser a solução dos problemas financeiros. Não apenas para atrair novos patrocinadores, mas pela receita em si que o clube tem na disputa da Série A.

Serão, então, seis decisões. O técnico Matheus Costa já avisou que, paralelamente aos problemas financeiros, o momento é de superação e, sobretudo de união. Claro que é difícil lidar com os salários atrasados, mas o foco nos jogos que faltam precisa ser maior do que tudo isso.

E por ter vacilado em diversos confrontos, especialmente dentro de casa ou contra times que estão lutando na parte de baixo da classificação, o Paraná Clube precisa fazer uma campanha praticamente perfeita nestas últimas rodadas. O Tricolor tem 47 pontos, apenas dois a menos que o Coritiba, que fecha o G4, mas tem um jogo a menos. Mas terá que somar pelo menos mais cinco vitórias até o final da Série B para seguir lutando pelo acesso.

Assim, um tropeço contra o América-MG, na próxima terça-feira (5), às 20h30, na Arena Independência, pode ser desastroso para as pretensões paranistas, sobretudo porque o Coelho é um dos concorrentes diretos. Já uma vitória pode ser o pontapé inicial de arrancada histórica, já que nas próximas duas rodadas, o time tem pela frente Vitória e São Bento, que lutam contra o rebaixamento, na Vila Capanema.

O cenário para o Paraná está pronto. Por ter confrontos diretos, depende somente das suas forças para conseguir o acesso, mas está ciente de que qualquer erro pode acabar com suas pretensões. Momento de decisão e os próximos 30 dias vão dizer muito do futuro do Tricolor, dentro e fora de campo.

Sobre admin

Check Also

Paraná Clube aposta em piazada ainda mais jovem na Copinha

Por conta das indefinições em seu time profissional, o Paraná Clube teve que convocar algumas revelações das …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *