Pagina Inicial / Coritiba / Coritiba deve iniciar Paranaense com time alternativo. Confira opções do elenco

Coritiba deve iniciar Paranaense com time alternativo. Confira opções do elenco

Apesar de ainda não defenido treinador para 2020, o Coritiba já planeja a próxima temporada. E a tendência é que o time principal tenha uma pré-temporada um pouco ‘alongada’. O presidente Samir Namur já admitiu que o foco do Coxa no primeiro semestre será a Copa do Brasil  e que o Campeonato Paranaense ficará em segundo plano.

“Vamos fazer uma pré-temporada visando a estreia na Copa do Brasil, vamos poupar elenco no Estadual, para chegarmos, pelo menos, até as oitavas de final”, disse o dirigente.

Com isso, a ideia é que os principais jogadores do elenco não façam sua estreia já em janeiro, quando começa o Campeonato Paranaense – o Alviverde faz seu primeiro jogo no dia 19 de janeiro, contra o FC Cascavel, no Couto Pereira, enquanto a partida pela Copa do Brasil, contra o Manaus fora de casa, será na primeira quinzena de fevereiro -, dando oportunidade para jogadores pouco aproveitados em 2019.

Muitos deles crias da casa, como os zagueiros Thalisson Kelven, Romércio e Geovane, os volantes Vitor Carvalho e Julio Rusch, e os meias Luiz Henrique e Matheus Bueno e do atacante Igor Paixão. Além deles, o atacante Welissol também pode ser aproveitado. O garoto, de 21 anos, disputou dez jogos na Série B e outros sete pelo time de aspirantes.

Thalisson Kelven e Julio Rusch foram emprestados no começo do ano e voltaram, mas só jogaram uma vez pelo Coxa. Foto: Albari Rosa

Outros nomes que podem vir da base são os goleiros Arthur e Gabriel Bubniack, que nunca jogaram na equipe de cima, e o atacante Pablo Thomaz, que em 2018 chegou a jogar na Série B, mas voltou para o time de baixo nesta temporada. Entre torneios sub-20 e aspirantes foram 26 jogos e nove gols marcados.

O lateral-direito Yan Couto, campeão mundial sub-17 com a seleção brasileira, também pode ganhar aparecer nessa equipe. O atleta ainda não jogou no profissional e seria a oportunidade para fazer a transição para o grupo principal, caso não seja vendido até lá

Experiência

Algumas opções para o futuro comandante do Coritiba para a disputa das primeiras rodadas do Campeonato Paranaense já tem um pouco mais de rodagem. O principal deles o zagueiro Rafael Lima. Com contrato até maio, ele tem no Estadual a chance de mostrar serviço e que pode renovar o vínculo. Em 2019 ele disputou apenas oito jogos e não estava nos planos do clube.

Quem também pouco atuou em 2019 e ainda pode ser aproveitado é o atacante Iago Dias. No clube desde 2016, ele sofreu com lesões recentemente e entrou em campo apenas dez vezes na temporada.

Iago Dias sofreu com lesões e pouco jogou em 2019. Foto: Albari Rosa

Outro que pode ser referência é o atacante Igor Jesus. Apesar de ter apenas 18 anos, o atleta disputou 31 partidas nesta temporada, marcando cinco gols, sendo titular em alguns momentos importantes e deve ser mais aproveitado ao longo do próximo ano. Por isso, já sai na frente de outros garotos.

Sem contar possíveis jogadores que certamente serão contratados até lá e outros nomes que voltam de empréstimo. A ideia não é fazer um time completamente alternativo, mas sim poupar boa parte do elenco, para ter mais tempo de se prepararem, além de evitar um desgaste com a sequência de duelos no início da temporada. Por isso, todo o grupo deve ser utilizado ao longo do Paranaense.

Sobre admin

Check Also

Barroca promete valorização da base e jogo propositivo no Coritiba

O novo técnico do Coritiba, Eduardo Barroca, foi oficialmente apresentado à imprensa. Na tarde desta segunda-feira (06), …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *