Pagina Inicial / Coritiba / Barroca promete valorização da base e jogo propositivo no Coritiba

Barroca promete valorização da base e jogo propositivo no Coritiba

O novo técnico do Coritiba, Eduardo Barroca, foi oficialmente apresentado à imprensa. Na tarde desta segunda-feira (06), no CT da Graciosa, o presidente Samir Namur, e o executivo de futebol do clube, Rodrigo Pastana, anunciaram o treinador para 2020 de forma oficial.

Conhecido por ser um comandante que valoriza muito a base e que tem um jogo propositivo, Barroca já está trabalhando com o elenco desde o dia 2 de janeiro. O objetivo é preparar o grupo, em etapas, para os compromissos iniciais deste ano.

Ainda que seja um grande desafio para o técnico de 37 anos assumir o Coritiba em um ano especial, com a volta à Série A, o comandante disse se sentir preparado para os próximos meses. “Me sinto motivado. Sei da responsabilidade que é suceder um trabalho vitorioso (o acesso), mas me sinto muito bem preparado”, comentou o técnico.

Preparação

O novo treinador quer dividir a preparação de seu elenco, neste início de ano, em três etapas. “A primeira se iniciou dia 2 e vai até o jogo contra o Manaus [Copa do Brasil], o que dá cerca de 41 dias; junto a isso, está a preparação até o dia 19, na estreia do Paranaense, até os seis jogos do Estadual. A segunda etapa depois do Manaus até segunda fase do Paranaense. A terceira são as eliminatórias do Paranaense”, detalhou.

Para resumir essas metas, Barroca explicou seu planejamento. “São três objetivos centrais. Pontuar no Parananese, passar de fase na Copa do Brasil e classificar nas finais tendo todos os jogadores à disposição”, disse.

Utilização da base

Já o presidente Samir Namur explicou que o Coritiba vai fazer o uso da base, mesmo que em anos anteriores, em casos específicos, alguns jovens não tenham conseguido render em campo aquilo que deles se esperava.

“É um ano de série A, com mais exigência e respostas por demanda técnica. Não podemos olhar para a origem do atleta, mas essas exigências precisam existir para que se chegue ao profissional”, Samir, confiando na experiência do comandante nas categorias de formação.

A respeito dos jogadores que devem ser ‘promovidos’, o técnico Eduardo Barroca deixou claro que há elenco vindo das categorias de base. “De goleiro a atacante temos todas as posições”, afirmou.

Estilo de jogo

Conhecido por ser um técnico que propõem o jogo, Barroca quer que o Coritiba jogue ‘sem medo’ tanto dentro como fora de casa. “Minha base é pautada em dois pontos: pressão e controle. É desta forma que eu vou partir no Coritiba. Independente de quem vai ser meu adversário, vou cobrar que a gente siga esta linha”, afirmou.

Competição interna

Outra premissa de Barroca é que haja sempre uma competição saudável por posições no elenco. Para ele, isso faz com que o nível se eleve. “Neste momento estou satisfeito como estamos construindo isso. A competição interna vai ficar num nível muito bom”, disse.

O treinador falou também das peças de que dispõem e valoriza os ‘veteranos’. “É importante se iniciar o trabalho com uma base, os jogadores que aqui permanecem, tem uma história no clube, e foram pré-selecionados”, finalizou Barroca.

Sobre admin

Check Also

Muralha renova com o Coritiba até o final do ano

O Coritiba acertou nesta sexta-feira a renovação de contrato do goleiro Alex Muralha até o final …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *