Categorias
Futebol Paranaense

Coritiba, Paraná e outros clubes das séries A e B ganham isenção de pagamento por três meses

Os 26 clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro com dívida ativa com a União estão isentos da cobrança pelos próximos três meses, de acordo com a Portaria Nº 7.821, publicada no Diário Oficial no última quarta-feira (18).

Por causa da pandemia do novo coronavírus, a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional suspendeu a arrecadação. A medida passou a valer em 16 de março, com duração de 90 dias, mas pode ser alterada em virtude da disseminação da doença.

O objetivo é ajudar os clubes a superarem a crise financeira, já que os campeonatos estaduais, regionais e nacionais estão paralisados, sem previsão de retorno.

Entre os paranaenses, o Paraná Clube tem a maior dívida com a União: R$ 13,6 milhões. Já o Coritiba deve R$ 6,3 milhões. Athletico e Operário não aparecem na lista de devedores.

Veja a lista dos 20 maiores devedores com a Unicão, entre Séries A e B:

Cruzeiro – R$ 261,6 milhões
Guarani – R$ 150,4 milhões
Vasco – R$ 87,6 milhões
Náutico – R$ 78,8 milhões
Sport – R$ 62,1 milhões
Corinthians – R$ 32 milhões
Figueirense – R$ 29,9 milhões
Botafogo – R$ 23,8 milhões
Fluminense – R$ 23,2 milhões
Paraná – R$ 13,6 milhões
Avaí – R$ 12,2 milhões
Botafogo-SP – R$ 11,6 milhões
Palmeiras – R$ 8,4 milhões
São Paulo – R$ 8,4 milhões
Brasil-RS – R$ 7,4 milhões
Coritiba – R$ 6,3 milhões
Juventude – R$ 2 milhões
Confiança-SE – R$ 1 milhão
Oeste-SP – R$ 382 mil
América-MG – R$ 246 mil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *