radio trio de ferro 2

Categorias
Uncategorized

Mesmo de olho na grana da Copa do Brasil, Paraná quer força máxima no Estadual

O técnico do Paraná, Allan Aal, indicou que não deve poupar jogadores nas próximas partidas visando o duelo da Copa do Brasil, que acontece no dia 5 de fevereiro, diante do Palmas-TO. Antes do jogo decisivo da competição nacional, o Tricolor encara o FC Cascavel e tem o clássico diante do Athletico, ambos pelo Paranaense.

“O planejamento é colocar o que a gente tem de melhor disponível, não preservar demais e não esticar demais. O que observarmos durante a semana de trabalho, não correndo o risco de perder ninguém, vai ser colocado em campo”, afirmou o treinador.

O confronto pela Copa do Brasil é prioridade por render uma boa recompensa financeira em caso de classificação. Por ser parte do grupo 3, caso avance diante do Palmas, o Paraná somará o valor de R$ 540 mil aos cofres. Montante que ajudará nos problemas financeiros da equipe, que sofre com atraso de salários desde o final de 2019.

No entanto, de acordo com o comandante, a equipe também focará na classificação no Estadual. “Vamos buscar a classificação em primeiro plano e evoluir partida a partida”, declarou. Com um elenco ainda em formação, o Tricolor segue no mercado buscando reforços, enquanto trabalha a parte física de atletas que ainda não estão condicionados.

O duelo pela competição nacional acontecerá no estádio Nilton Santos, em Tocantins. A vaga para a próxima fase será decidida em jogo único. Por ser visitante, o Paraná possui a vantagem de se classificar de maneira direta mesmo com um empate.

Categorias
Uncategorized

Athletico vai colocar time principal para estrear no Paranaense

O Athlético irá utilizar o time principal no Paranaense. A estreia do elenco comandado pelo técnico Dorival Júnior será contra o Paraná, no próximo domingo (2), às 18h, na Arena da Baixada.

Antes do clássico contra o Paraná, o Furacão seguirá com o time de aspirantes para encarar o Cianorte, na quinta-feira (30), no Albino Turbay.

A tendência é que o elenco de aspirantes siga fazendo as partidas contra os times do interior, enquanto o grupo principal jogue apenas clássicos para preparar o elenco.

Em fevereiro, dia 16, o Athletico encara o Flamengo pela Supercopa do Brasil, no Mané Garrincha, no embate entre os campeões da Copa do Brasil e do Brasileirão do ano passado.

O elenco principal disputou na Argentina o Torneio de Verão. Contra Racing, o Furacão empatou no tempo normal e perdeu nos pênaltis. Já contra o Boca, o Athletico foi derrotado.

Categorias
Uncategorized

Coritiba vence o clássico com o Paraná na Vila com gol de falta

Com um gol de falta de Thiago Lopes, o Coritiba venceu o Paraná por 1 a 0, na noite deste domingo (26), na Vila Capanema, pela terceira rodada do Campeonato Paranaense. A vitória coloca o Coxa na segunda posição com sete pontos. Já o Tricolor sofreu seu primeiro gol na competição e perdeu a invencibilidade, sendo apenas o sétimo colocado, com quatro pontos.

Em um clássico bastante truncado, com muitas faltas e poucas chances criadas, o gol de bola parada do meia coxa-branca manteve a equipe de Barroca invicta no Paranaense, com duas vitórias e um empate. O Coxa, inclusive, completou 16 jogos sem perder, contando desde a Série B do ano passado. A última derrota do time alviverde foi justamente para o Tricolor na Vila Capanema, pela 26ª rodada.

As equipes voltam a campo já no meio da semana pela quarta rodada. O Paraná encara o FC Cascavel na quinta-feira (30), às 19h30, novamente na Vila Capanema. Já o Coritiba recebe o Operário na quarta-feira (29), às 20h, no Couto Pereira.

Torcida do Coritiba comemora vitória na Vila. Foto: Albari Rosa/Foto Digital

Paraná e Coritiba entraram em campo invictos no campeonato, os dois times com um empate e uma vitória. O técnico Allan Aal fez apenas uma mudança em relação ao último jogo: o meia Robson ganhou a vaga de Gustavo Mosquito. Já Barroca seguiu a estratégia de fazer rodízio: foram seis mudanças em relação ao empate com o Rio Branco.

A partida foi bastante truncada, com muitas faltas e pouca criação. Foram cinco cartões amarelos só no primeiro tempo. O Coxa teve mais a posse de bola, mas pouco assustou o goleiro Alisson. A melhor chance veio com Robson de cabeça, após cruzamento da esquerda.

Foto: Albari Rosa/Foto Digital

Já o Tricolor se defendeu bem e apostou nos contra-ataques. Os melhores lances vinham pelo lado esquerdo com Juninho e Andrey. Mas foi de Raphael Alemão a grande oportunidade do Paraná abrir o placar. O camisa 7 recebe na área, avançou livre, mas, frente a frente com Alex Muralha, mandou por cima da meta.

Raphael Alemão perde boa chance. Foto: Albari Rosa/Foto Digital

Na etapa final, o Coxa voltou melhor, mas encontrava dificuldades para furar a defesa do Tricolor. No entanto, aos nove minutos, Thiago Lopes, que entrou no lugar de Galdezani ainda no primeiro tempo, cobrou uma falta com perfeição, sem chances para o goleiro Alisson e garantiu o resultado para os visitantes. O Tricolor, que pouco criou durante toda a partida, sentiu o golpe, não conseguiu reagir e conheceu sua primeira derrota no Estadual.

Foto: Albari Rosa/Foto Digital

Próximos jogos do Paraná
30/01, Vila Capanema, Paraná x FC Cascavel
02/02, Arena da Baixada: Athletico x Paraná Clube
08/02, Vila Capanema: Paraná x Cianorte

Próximos jogos do Coritiba
29/01, Couto Pereira, Coritiba x Operário
02/02, Estádio do Café, Londrina x Coritiba
09/02, Couto Pereira, Coritiba x União Beltrão

Foto: Albari Rosa/Foto Digital

Ficha técnica
CAMPEONATO PARANAENSE
1ª FASE – 3ª RODADA

26/01/2020
PARANÁ 0 X 1 CORITIBA

Paraná
Alisson; Bruno, Thales, Fabrício e Juninho; Jhony (Kaio), Kazu e Robson; Raphael Alemão (Marcelo), Andrey e Rafael Furtado (Rodrigo Rodrigues). Técnico: Allan Aal.

Coritiba
Alex Muralha; Lucas Ramon, Rafael Lima, Sabino e Willian Matheus; Matheus Sales, Matheus Galdezani (Thiago Lopes) e Rafinha; Robson, Gabriel (Welissol) e Igor Jesus (Rodolfo). Técnico: Eduardo Barroca.

Gol: Thiago Lopes, 9 do 2º (CFC);
Cartões amarelos: Bruno, Juninho, Andrey (PRC); Thiago Lopes, Rafinha e Lucas Ramon (CFC)
Cartão vermelho: Bruno (PRC)
Árbitro: José Mendonça da Silva Júnior
Assistentes: Bruno Boschilia e Danilo Padilha Porse
Público: 3.848 pagantes (4.311 total).
Renda: R$ 126.315,00

Categorias
Uncategorized

Lucas Ramon chega ao Coritiba e briga por posição com joia da base: “Decisão é do técnico”

O lateral-direito Lucas Ramon chega ao Coritiba para disputar posição com a jovem promessa do clube, o lateral Yan Couto, campeão mundial com a seleção brasileira sub-17. Mas ele promete disputar posição com a revelação alviverde.

“Quero aprender muito com ele e também poder ensinar algumas coisas. Agora nós vamos treinar e desafiar um ao outro de forma positiva. Quem estiver melhor vai jogar. A decisão é do professor”, avisa Lucas Ramon.

O lateral tem 25 anos e chega com contrato até o final do ano por empréstimo do Red Bull Bragantino. Ele iniciou a carreira no Londrina onde obteve destaque, principalmente nas campanhas na Série B de 2017 e 2018. Em 2015, Lucas Ramon atuou pelo Grêmio, mas fez apenas seis partidas.
Mercado da bola: confira as movimentações do Coxa para 2020

“Sou um lateral de característica bastante ofensiva, mas também sei defender. Sou um atleta equilibrado”, finaliza o reforço.

Além de Lucas Ramon, o Coritiba já contratou outros sete jogadores. São eles os zagueiros Rodolfo, Rhodolfo e Caetano; os meias Nathan Silva, Renê Júnior e Gabriel; e o goleiro César.